Correio de Carajás

Chuva forte corta o trânsito da Estrada do Rio Preto, em Marabá

A chuva forte arrancou bueiros e cortou a estrada do Rio Preto, principal via de escoamento de leite, gado e minério de Marabá
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A forte chuva que caiu sobre Marabá na madrugada e início da manhã desta terça-feira, dia 16 de fevereiro, causou o rompimento da Estrada do Rio Preto, principal via rural do município. O grande volume de água arrastou bueiros e abriu uma cratera de mais de cinco metros de extensão por volta de 7 horas de hoje, às proximidades da via de acesso à Vila Brejo do Meio, a cerca de 20 km do centro de Marabá.

Em contato com a Reportagem do CORREIO, o vereador Tiago Koch informou que ele e o colega Alecio Stringari estavam em tratativas com a Secretaria Municipal de Obras e a Mineração Buritirama para realização de uma ação emergencial no local com a finalidade de liberação do trânsito.

A referida reunião vai acontecer às 13 horas, envolvendo Buritirama, Prefeitura e vereadores para definir o tipo de trabalho que será feito. “Esperamos que até lá o tempo seja favorável para o trabalho emergencial que precisa ser feito.

Leia mais:

No vídeo que acompanha esta reportagem, uma pessoa narra e diz que houve rompimento de uma represa onde havia muitos “alevino”. Todavia, o vereador Thiago Koch, que mora na zona rural e passa por aquele trecho várias vezes por semana, explica que trata-se apenas de um água do igarapé mesmo, que aumentou o volume com a forte chuva. “Abaixo de onde rompeu tem tanques, mas a água que estourou os bueiros veio de cima, da terra do finado Antônio Zucatelli.

“Posteriormente, a empresa e a Prefeitura de Marabá precisam desenvolver um trabalho de engenharia definitivo para aquele local”, disse o vereador. Por enquanto, uma rota alternativa, mas com muitos problemas, seria passar pelo fundo da fazenda do Zé Maria, de algumas hortas da Vila Brejo do Meio.

Segundo o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) nas últimas 24 horas choveu 106 milímetros, representando cerca de 40% do que era previsto para o mês de fevereiro. (Ulisses Pompeu)

Comentários

Mais

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária Em seu discurso no evento em Marabá, o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho,…
Começa hoje a vacinação da  população sem prioridade

Começa hoje a vacinação da população sem prioridade

Um mutirão de dois dias vai marcar o momento tão esperado pelos marabaenses: o início da vacinação contra a covid-19…
Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

A Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás recebeu do Governo do Estado 3.140 doses de vacina contra o…
Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…