Correio de Carajás

Cartilha promove inclusão social

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
3 Visualizações

Nathália Viegas

Desde o início deste ano o Plano Diretor Participativo de Marabá vem passando por revisão, mas nem todos entendem do que ele trata ou sabe como pode participar desta discussão. Para diminuir estas dúvidas, um grupo de estudantes da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) montou a cartilha ‘Democracia Urbana?’, que traz explicações sobre diretos relacionados à cidade, política urbana e o próprio plano diretor.

O documento está disponível na página virtual da Prefeitura Municipal de Marabá e da Unifesspa e o objetivo da divulgação é promover a participação de mais pessoas no processo de reestruturação do plano, conforme explica Chaira Lacerda Nepomuceno, aluna do 5º período de Direito da Unifesspa. “É uma proposta de inclusão para que a revisão do Plano Diretor represente a realidade de Marabá. E para que, talvez, as pessoas se motivem a participar”.

Leia mais:

Os estudantes elaboraram a cartilha a partir de pesquisa do próprio plano e do planejamento urbano de Marabá. A estudante destacou também a importância de se debater o termo ‘direito à cidade’.  “É o que a gente vai construir conjuntamente nessa revisão do plano diretor. A cidade que nós queremos construir, a distribuição mais igualitária, da infraestrutura urbana, do transporte, saneamento básico, de toda a estrutura urbana”, explica.

A estudante acrescentou que o grupo de estudantes responsável pelo documento tem publicações científicas sobre o plano diretor de Marabá e critica o processo de revisão em relação à formação do comitê gestor. “É muito burocrática e tinha que ser mais popularizada, ter mais representantes, líderes comunitários, mais pessoas da comunidade e menos pessoas da administração municipal”, defendeu.

O Plano Diretor Participativo é um instrumento da política básica de desenvolvimento de um município e tem como objetivo organizar os espaços de ocupação em benefício de toda a população. 

Nathália Viegas

Desde o início deste ano o Plano Diretor Participativo de Marabá vem passando por revisão, mas nem todos entendem do que ele trata ou sabe como pode participar desta discussão. Para diminuir estas dúvidas, um grupo de estudantes da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) montou a cartilha ‘Democracia Urbana?’, que traz explicações sobre diretos relacionados à cidade, política urbana e o próprio plano diretor.

O documento está disponível na página virtual da Prefeitura Municipal de Marabá e da Unifesspa e o objetivo da divulgação é promover a participação de mais pessoas no processo de reestruturação do plano, conforme explica Chaira Lacerda Nepomuceno, aluna do 5º período de Direito da Unifesspa. “É uma proposta de inclusão para que a revisão do Plano Diretor represente a realidade de Marabá. E para que, talvez, as pessoas se motivem a participar”.

Os estudantes elaboraram a cartilha a partir de pesquisa do próprio plano e do planejamento urbano de Marabá. A estudante destacou também a importância de se debater o termo ‘direito à cidade’.  “É o que a gente vai construir conjuntamente nessa revisão do plano diretor. A cidade que nós queremos construir, a distribuição mais igualitária, da infraestrutura urbana, do transporte, saneamento básico, de toda a estrutura urbana”, explica.

A estudante acrescentou que o grupo de estudantes responsável pelo documento tem publicações científicas sobre o plano diretor de Marabá e critica o processo de revisão em relação à formação do comitê gestor. “É muito burocrática e tinha que ser mais popularizada, ter mais representantes, líderes comunitários, mais pessoas da comunidade e menos pessoas da administração municipal”, defendeu.

O Plano Diretor Participativo é um instrumento da política básica de desenvolvimento de um município e tem como objetivo organizar os espaços de ocupação em benefício de toda a população. 

Comentários

Mais

Brasil deve receber mais de 842 mil doses da vacina da Pfizer em junho

Brasil deve receber mais de 842 mil doses da vacina da Pfizer em junho

O Brasil vai receber 842.400 doses da vacina da farmacêutica Pfizer/BioNTech contra a covid-19. A informação foi dada pelos coordenadores…
Fórum discute desafios à garantia de direitos da pessoa idosa

Fórum discute desafios à garantia de direitos da pessoa idosa

Teve início hoje (13) o 1º Fórum Nacional da Pessoa Idosa. O evento, organizado pelo Ministério da Mulher, Família e…
Psicóloga orienta pais a ouvirem e validarem queixas dos filhos

Psicóloga orienta pais a ouvirem e validarem queixas dos filhos

Depois de todo o país se chocar com a morte do menino Henry, de 4 anos, no Rio de Janeiro,…
Sexta edição do FIA Cinefront estreia em plataforma de streaming nesta quinta

Sexta edição do FIA Cinefront estreia em plataforma de streaming nesta quinta

Com exibição em plataforma de streaming própria, a abertura oficial do 6º Festival Internacional Amazônida de Cinema de Fronteira, o…
Filhote de onça preta é resgatado em Novo Progresso

Filhote de onça preta é resgatado em Novo Progresso

Moradores de Novo Progresso, sudoeste do Pará, resgataram um filhote de onça preta. De acordo com testemunhas, o animal estava…
Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Pelo segundo mês consecutivo, o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda registrou, em março, alta da taxa para…