Correio de Carajás

Cartilha orienta adolescentes sobre violência em ambiente virtual

A cartilha tem como orientar adolescentes na prevenção de abusos na internet - Foto: Divulgação/MMFDH
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Para auxiliar adolescentes contra a violência em ambiente virtual, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) adotou uma cartilha com orientações para a prevenção em meios digitais, como sites, aplicativos e redes sociais.

Para a secretária de políticas para as mulheres, Cristiane Britto, a cartilha é uma resposta à necessidade de isolamento social. Nesse período, marcado por ações de enfrentamento à Covid-19, o ambiente virtual tornou-se o principal meio de comunicação entre as pessoas. “A internet representa um espaço de oportunidades para interagir e se relacionar, embora possa ser um ‘lugar’ de agressões e violências, que tem as adolescentes como vítimas mais vulneráveis”, afirma a secretária.

A cartilha traz inúmeras informações sobre o tema da violência online, como tipos e formas de prevenção. Além disso, a publicação conta com dicas para que as adolescentes possam navegar na internet da forma mais segura possível.

Leia mais:

Ao acessar o texto, a adolescente também terá acesso a endereços de sites e lugares onde pode encontrar mais informações sobre o tema. Ainda há um passo a passo do que fazer ao sofrer violência no ambiente digital e detalhes sobre a rede de atendimento que pode ajudar meninas nessa situação.

Enfrentando a violência

A segunda versão da cartilha voltada para as adolescentes é fruto do Projeto “Escola de App: enfrentando a violência on-line contra meninas”. A iniciativa, promovida pela Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília, é financiada pela Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM), do MMFDH.

Em 2020, diante do crescente número de feminicídios no Brasil e da crise sanitária provocada pela Covid-19 no mundo, a secretaria e a Escola de App revisaram a cartilha para utilizá-la na prevenção da violência online contra as adolescentes no contexto da pandemia do novo coronavírus.

Para ter acesso a cartilha basta clicar no link.

(Fonte:Gov.br)

Comentários

Mais

Mudanças na Transamazônica começam a funcionar nesta sexta-feira (6)

Mudanças na Transamazônica começam a funcionar nesta sexta-feira (6)

Os motoristas que trafegam pela rodovia Transamazônica poderão utilizar as mudanças das novas rotas já nesta sexta-feira (6). As equipes…
Pará recebe mais uma remessa de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (5)

Pará recebe mais uma remessa de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (5)

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (5), mais 97.110 doses da vacina Pfizer. Esta é a 52º remessa que…
MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

O ator Sérgio Hondjakoff, de 37 anos, conhecido por fazer o personagem Cabeção em “Malhação”, da TV Globo, estava entre os internos…
Biomédica que ajudou a sequenciar DNA do coronavírus é homenageada com boneca

Biomédica que ajudou a sequenciar DNA do coronavírus é homenageada com boneca

A biomédica brasileira Jaqueline Góes de Jesus foi uma das cientistas escolhidas pela fabricantes de brinquedos Mattel para ser homenageada…
Transformação digital é desafio do MEC com volta de aulas presenciais

Transformação digital é desafio do MEC com volta de aulas presenciais

O secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC) Victor Godoy Veiga afirmou hoje (5) que o retorno às aulas presenciais nas escolas públicas de todo o país…
Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina

Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina

O Instituto Butantan recebeu, hoje (5), mais 4 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA), o suficiente para produzir cerca…