Correio de Carajás

Carpinteiro é morto a facadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Na manhã desta segunda-feira (13), o carpinteiro Claudivan Martins da Silva, de 43 anos, foi encontrado morto dentro da casa dele, na Avenida Minas Gerais, Bairro São Miguel da Conquista, no Núcleo Cidade Nova. Claudivan foi executado a facadas e pode ter sido alvo de criminosos que queriam roubar um dinheiro que ele tinha recebido esses dias.

Entre as primeiras pessoas que encontraram o corpo da vítima está o mototaxista Regivaldo de Oliveira Silva, que havia vendido uma moto para Claudivan. Ele já tinha entregado o veículo e foi até a casa da vítima pela manhã para que os dois fossem juntos até o Detran, onde iriam oficializar a transação e Claudivan pagaria a importância de R$ 2,4 mil pela moto.

Regivaldo conta que logo cedo começou a telefonar para Claudivan, mas o celular estava enviando as ligações direto para a caixa de mensagens, por isso ele decidiu ir até lá. Ao olhar pelo portão, viu a motocicleta, mas ao chamar pelo carpinteiro, este não respondia.

Leia mais:

Com isso, foi juntando gente no local, e entre as pessoas que chegaram estava Ana Paula Pereira Miranda, que era ex-enteada de Claudivan. Ela também chamou por ele, até bateu na porta dos fundos, mas ele não respondeu. Ana Paula disse ter achado estranho o fato de a moto estar pelo lado de fora da casa, pois ele sempre costumou guardar as outras motos que teve dentro da casa.

Em determinado momento, alguém visualizou sangue escorrendo por baixo da porta. Todos entraram em desespero e acionaram a Polícia Militar, que enviou uma guarnição ao local. Os militares arrombaram a porta e se depararam com o corpo da vítima jogado no chão do cômodo principal (sala/cozinha) sobre uma poça de sangue.

Vizinhos que não quiseram se identificar conversaram com a reportagem e explicaram que Claudivan vendera um terreno alguns dias atrás e colocou a mão em uma boa quantia em dinheiro, por isso ele fez o negócio com o mototaxista.

É possível que bandidos tenham descoberto que a vítima estava com dinheiro e decidiram assaltar Claudivan. Cabe agora ao Departamento Homicídios da Polícia Civil em Marabá investigar o caso. 

Saiba Mais

A vítima era natural de Bom Jardim, do Estado do Maranhão, mas morava havia bastante tempo no São Miguel da Conquista.

(Chagas Filho com informações de Josseli Carvalho)

Na manhã desta segunda-feira (13), o carpinteiro Claudivan Martins da Silva, de 43 anos, foi encontrado morto dentro da casa dele, na Avenida Minas Gerais, Bairro São Miguel da Conquista, no Núcleo Cidade Nova. Claudivan foi executado a facadas e pode ter sido alvo de criminosos que queriam roubar um dinheiro que ele tinha recebido esses dias.

Entre as primeiras pessoas que encontraram o corpo da vítima está o mototaxista Regivaldo de Oliveira Silva, que havia vendido uma moto para Claudivan. Ele já tinha entregado o veículo e foi até a casa da vítima pela manhã para que os dois fossem juntos até o Detran, onde iriam oficializar a transação e Claudivan pagaria a importância de R$ 2,4 mil pela moto.

Regivaldo conta que logo cedo começou a telefonar para Claudivan, mas o celular estava enviando as ligações direto para a caixa de mensagens, por isso ele decidiu ir até lá. Ao olhar pelo portão, viu a motocicleta, mas ao chamar pelo carpinteiro, este não respondia.

Com isso, foi juntando gente no local, e entre as pessoas que chegaram estava Ana Paula Pereira Miranda, que era ex-enteada de Claudivan. Ela também chamou por ele, até bateu na porta dos fundos, mas ele não respondeu. Ana Paula disse ter achado estranho o fato de a moto estar pelo lado de fora da casa, pois ele sempre costumou guardar as outras motos que teve dentro da casa.

Em determinado momento, alguém visualizou sangue escorrendo por baixo da porta. Todos entraram em desespero e acionaram a Polícia Militar, que enviou uma guarnição ao local. Os militares arrombaram a porta e se depararam com o corpo da vítima jogado no chão do cômodo principal (sala/cozinha) sobre uma poça de sangue.

Vizinhos que não quiseram se identificar conversaram com a reportagem e explicaram que Claudivan vendera um terreno alguns dias atrás e colocou a mão em uma boa quantia em dinheiro, por isso ele fez o negócio com o mototaxista.

É possível que bandidos tenham descoberto que a vítima estava com dinheiro e decidiram assaltar Claudivan. Cabe agora ao Departamento Homicídios da Polícia Civil em Marabá investigar o caso. 

Saiba Mais

A vítima era natural de Bom Jardim, do Estado do Maranhão, mas morava havia bastante tempo no São Miguel da Conquista.

(Chagas Filho com informações de Josseli Carvalho)

Comentários

Mais

Bando ataca carro forte que vinha para Marabá

Bando ataca carro forte que vinha para Marabá

Um carro forte da empresa Prosegur foi alvo de um bando de assaltantes na tarde desta quinta-feira, por volta de…
DECA é alvo de denúncia dos movimentos sociais

DECA é alvo de denúncia dos movimentos sociais

Documento assinado por 11 entidades que militam na área da luta pela terra e dos direitos humanos denunciam “despejos e…
Mulher é suspeita na morte de mototaxista

Mulher é suspeita na morte de mototaxista

A morte do mototaxista Josiel Mota da Silva gerou comoção e revolta na cidade de Anapu e resultou na destruição…
Furtos em veículos com tecnologia “Chapolin” voltam a acontecer em Marabá

Furtos em veículos com tecnologia “Chapolin” voltam a acontecer em Marabá

A Polícia Civil vem investigando crimes de furtos em veículos que estão sendo praticados com o uso de um mecanismo…
Jeep é abandonado com sangue e corpo é encontrado boiando no Itacaiunas

Jeep é abandonado com sangue e corpo é encontrado boiando no Itacaiunas

Dois fatos podem até não ter ligação, mas a Polícia Civil investiga ambos e tenta fazer uma conexão entre eles.…
Dupla é executada a tiros na frente de escola de Parauapebas

Dupla é executada a tiros na frente de escola de Parauapebas

Leonardo de Jesus Oliveira, de 23 anos, e Raimundo Nonato Peixoto, de 24 anos, foram executados a tiros na noite…