Correio de Carajás

Carnaval de Brasília tem sistema de segurança unificado

Bloco de carnaval Baby-doll de Nylon no estacionamento do Estádio Nacional de Brasília "Mané Garrincha".
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O governo do Distrito Federal tem esquema de segurança unificado durante o carnaval. Este ano, pela primeira vez, o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), que antes tinha uma atuação mais esporádica, em eventos de logística mais complexa, está sendo mobilizado em caráter permanente, como núcleo principal do sistema.

O novo formato de segurança visa atender um público que deve passar de 1,6 milhão de foliões, dos quais, espera-se, 25 mil sejam turistas. A programação da festa, realizada entre os dias 2 e 5 de março, compreende mais de 200 blocos de rua.

De acordo com a assessoria de imprensa do governo distrital, o Ciob foi inaugurado em junho do ano passado e é formado por 20 órgãos, incluindo a Defesa Civil, a Secretaria de Cultura, forças de segurança, Metrô e Companhia Energética de Brasília (CEB). O coordenador de Operações da Subsecretaria de Operações Integradas, tenente-coronel Márcio Vasconcelos, explica que a aproximação entre as diferentes áreas proporcionará uma melhor organização das equipes.

Leia mais:

“Os órgãos trabalharão com base em três vertentes, objetivos: diminuição do tempo-resposta [de atendimento dos agentes]; otimização dos meios materiais e humanos, já que se consegue saber quem se manda e em que quantidade se manda; e, em terceiro lugar, o estabelecimento de protocolo de atuação”, esclarece Vasconcelos.

Ao todo, mais de 2 mil agentes compõem o efetivo da Polícia Militar. Além disso, cerca de 450 câmeras fazem o monitoramento de todo o perímetro do Distrito Federal. “As câmeras auxiliam as equipes de campo na prevenção [de crimes], porque podemos informar coisas que não conseguem ver e identificar pessoas”, afirma o tenente-coronel.

A cada dia, um profissional fica responsável pela operação de segurança. Além disso, caso as equipes necessitem de reforço, o Gabinete Integrado de Acompanhamento, que é acionado em situações de crise, pode ficar em estado de prontidão.

Em 2017, a folia na capital federal reuniu, em seus 229 eventos, 746 mil pessoas. Durante o período, constatou-se um nível de criminalidade menor do que o ano anterior.

Foram registradas 437 ocorrências, ante 562 no carnaval 2016. Embora tenham caído os números de roubo, tentativas de homicídio e tentativas de latrocínio, balanço da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal revelou um aumento nos crimes relacionados a danos ao bem público.

Em outro levantamento, de 2017, a pasta divulgou que, em 74% dos roubos cometidos contra a pedestres, o alvo dos bandidos era o aparelho celular. “Deve-se manter objetos de valor em locais de difícil acesso e evitar usar bolsas com abertura virada para trás, como mochilas”, recomenda Vasconcelos.

Mais

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Como parte da programação do Maio Amarelo, mês dedicado à segurança no trânsito, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano…
É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

Falso É falso o tuíte que afirma que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, tenha recebido um passaporte diplomático…
EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

A Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos autorizou a vacina contra covid-19 da Pfizer e da parceira…
Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Pelo menos 8,9% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência sexual na vida, segundo dados da Pesquisa Nacional da Saúde…
Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

As transações por cartões (crédito e débito) registraram um aumento de 17,3% nos valores movimentados no primeiro trimestre deste ano…
Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Circulou nas redes sociais na manhã desta terça-feira (11) a foto de um caixão aberto, que possivelmente seria no Cemitério…