Correio de Carajás

Canaã dos Carajás: Suspeito de tentativa de homicídio é preso

Josenildo Leal saiu do trabalho direto para a cadeia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O eletricista Josenildo Leal saiu do trabalho direto para a cadeia nesta sexta-feira (14). Ele foi apresentado pela manhã na Unidade Integrada de Polícia de Canaã dos Carajás e é suspeito de participação na tentativa de homicídio praticada contra Alexsandro Polastrini.

O crime aconteceu no último dia 2 de fevereiro no Bairro Flor de Liz, por volta das 22 horas. Josenildo foi detido na saída do trabalho dele, às 7h30. Um mandado de busca e apreensão também foi cumprido na casa dele.

Lá, uma espingarda calibre 28 e munições foram encontrados no forro do imóvel. “A arma e os projéteis devem passar por análise de comparação balística”, afirmou o delegado Jorge Carneiro.

Leia mais:

Até agora a polícia não sabe a real motivação do crime, mas acredita que a tentativa de assassinato tenha ocorrido por causa de uma dívida de R$ 2 mil que, segundo informações da vítima, já tinha sido paga.

Alexsandro Polastrini foi alvejado no último dia 2

Entenda o caso

Alexandro Polastrini, de 27 anos, estava em casa quando o homem chegou e o chamou no portão. Eram 22h30 de um domingo, 2 de fevereiro. A vizinhança escutou sete disparos de arma de fogo e gritos de socorro. O crime aconteceu no Bairro Flor de Lis 2. “Eu estava no meu plantão na creche próxima à casa da vítima e escutei tudo, inclusive os gritos do rapaz que implorava pela vida dele”, conta uma testemunha que preferiu não se identificar.

A Polícia Militar foi acionada e chamou o resgate do Corpo de Bombeiros. “Segundo informações de testemunhas, dois indivíduos chegaram de moto e um deles teria disparado contra a vítima”, relata o sargento Humberto do Corpo de Bombeiros.

Alexandro foi levado às pressas para o Hospital Municipal. “Eu recebi ele aqui. A vítima levou vários disparos na cabeça, mas graças a Deus nenhuma bala entrou. Ficaram entre o crânio e o couro cabeludo. Há mais de 14 fragmentos na cabeça, o que leva a crer que ele levou quatro tiros nessa região. Outro disparo quebrou a perna esquerda dele”, relatou o enfermeiro Neicson Giaconetti. A vítima passou por cirurgia e está internada em observação.

Investigadores da Polícia Civil de Canaã estiveram no hospital e conversaram com Alexandro. O rapaz disse quem teria atirado nele. Na mesma tarde uma equipe policial saiu em diligência para tentar encontrar e prender o suspeito, sem sucesso.

Josenildo Leal deve passar por audiência de custódia e em seguida ser transferido para um presídio da região. Segundo a polícia, há mais um envolvido no crime que permanece foragido. O eletricista deve responder por tentativa de homicídio e posse ilegal de arma de fogo. A pena pode chegar a 34 anos de prisão. (Nyelsen Martins e Kevin William)

Comentários

Mais

Criança morre esmagada por caçamba em Curionópolis

Criança morre esmagada por caçamba em Curionópolis

Um trágico acidente vitimou João Paulo Batista Lima, de 10 anos, no centro de Curionópolis nesta segunda-feira (26). A criança,…
Justiça Militar afasta um coronel e prende sargento

Justiça Militar afasta um coronel e prende sargento

A Justiça Militar do Pará afastou do cargo, na manhã desta segunda-feira, dia 26, a coronel Andréa Keyla Leal Rocha,…
Identificado PM que assassinou médico

Identificado PM que assassinou médico

Foi revelada a identidade do policial militar que matou o jovem médico Bruno Calaça Barbosa, de 24 anos, na madrugada…
Quatro mortos em confronto com a Polícia Militar

Quatro mortos em confronto com a Polícia Militar

Em Ourilândia do Norte, o domingo (25) foi de confrontos entre a Polícia Militar e membros de uma facção criminosa…
Briga de irmãos vai parar na delegacia, mas... ficou “tudo bem”

Briga de irmãos vai parar na delegacia, mas... ficou “tudo bem”

Quem já leu a Bíblia sabe que Adão e Eva, após serem expulsos do Jardim do Éden, tiveram dois filhos:…
Guarda é solto e Justiça determina que corregedorias da PC e da PM investiguem abuso de autoridade

Guarda é solto e Justiça determina que corregedorias da PC e da PM investiguem abuso de autoridade

O Guarda Municipal Robson Leite Gomes, preso no sábado (24) sob a acusação de desacato, perturbação, desobediência, resistência e porte…