Correio de Carajás

Caminhoneiros interditam BR-230 parcialmente

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Exemplo do que vem ocorrendo em mais de 20 Estados brasileiros, no Pará os caminhoneiros também fizeram protestos em várias rodovias de grande circulação. Em Marabá, à altura do km 8,5 da Rodovia Transamazônica (BR-230), perto da Vila São José, os profissionais fizeram um torniquete na pista, permitindo a passagem apenas de veículos de passeio e caminhões com carga viva a partir das 18h.

De acordo com Rosivaldo Freitas, um dos caminhoneiros que integram o protesto, eles querem a redução do valor do óleo diesel, que registra altas consecutivas nas refinarias. Nesta terça, o preço subiu 0,97% nas refinarias. Mas a Petrobras já anunciou que a partir desta quarta-feira (23), o valor cairá 1,54%.

Segundo ele, hoje o combustível está levando 70% do valor do frete. “O caminhoneiro não tem mais condições de pagar prestação do caminhão, manter a família… Não podemos pagar a conta da corrupção”, critica.

Leia mais:

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas acumula alta de 8% no ano. O valor está muitíssimo acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

SITUAÇÃO PIOR

Em Estados onde a alíquota do ICMS é mais elevada, como é o caso do Pará, o diesel ficou mais de R$ 4,00 o litro; e em cidades paraenses mais distantes das refinarias, como é o caso de Canaã dos Carajás, o preço médio beira dos R$ 4,50.

Quando os caminhoneiros iniciaram protestos por conta da alta do diesel, ainda no final do ano de 2015, o preço desse tipo de combustível estava um pouco acima dos R$ 3,00. Naquela ocasião, os caminhoneiros exigiam a retirada da presidenta Dilma Rousseff e em alguns protestos eles afirmavam que só negociariam com o novo governante, que agora está no poder, mas essa tal negociação – ao que parece – não está avançando. (Chagas Filho)

 

Exemplo do que vem ocorrendo em mais de 20 Estados brasileiros, no Pará os caminhoneiros também fizeram protestos em várias rodovias de grande circulação. Em Marabá, à altura do km 8,5 da Rodovia Transamazônica (BR-230), perto da Vila São José, os profissionais fizeram um torniquete na pista, permitindo a passagem apenas de veículos de passeio e caminhões com carga viva a partir das 18h.

De acordo com Rosivaldo Freitas, um dos caminhoneiros que integram o protesto, eles querem a redução do valor do óleo diesel, que registra altas consecutivas nas refinarias. Nesta terça, o preço subiu 0,97% nas refinarias. Mas a Petrobras já anunciou que a partir desta quarta-feira (23), o valor cairá 1,54%.

Segundo ele, hoje o combustível está levando 70% do valor do frete. “O caminhoneiro não tem mais condições de pagar prestação do caminhão, manter a família… Não podemos pagar a conta da corrupção”, critica.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas acumula alta de 8% no ano. O valor está muitíssimo acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

SITUAÇÃO PIOR

Em Estados onde a alíquota do ICMS é mais elevada, como é o caso do Pará, o diesel ficou mais de R$ 4,00 o litro; e em cidades paraenses mais distantes das refinarias, como é o caso de Canaã dos Carajás, o preço médio beira dos R$ 4,50.

Quando os caminhoneiros iniciaram protestos por conta da alta do diesel, ainda no final do ano de 2015, o preço desse tipo de combustível estava um pouco acima dos R$ 3,00. Naquela ocasião, os caminhoneiros exigiam a retirada da presidenta Dilma Rousseff e em alguns protestos eles afirmavam que só negociariam com o novo governante, que agora está no poder, mas essa tal negociação – ao que parece – não está avançando. (Chagas Filho)

 

Comentários

Mais

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

Em recomendações conjuntas, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) requisitaram uma série…
A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

Artes, maquiagens, receitas, discussões político-sociais, tutoriais, dicas, gatos…. tem um pouco de muito no perfil de Amanda Gil Cardoso de…
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

O salário mínimo em 2022 será de R$ 1.147 e não terá aumento acima da inflação, anunciou o Ministério da…
Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) aumentos de R$ 0,10 (3,7%) no preço do diesel e de R$ 0,05 (1,9%) no…
Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

O programa Linha Verde aderiu à campanha “Abril Laranja”, que possui como objetivo conscientizar a população e prevenir o crime…
Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Para que a proteção à Covid-19 proporcionada pelas vacinas funcione como o previsto é necessário tomar as duas doses, tanto…