Correio de Carajás

Blogueira de Marabá é denunciada por suposto exercício ilegal de nutricionista

Segundo dossiê de nutricionistas, Jéssica Araújo cobrava por consultoria em nutrição. Advogado nega.

POLÊMICA NAS REDES

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No último dia 5 de agosto, o CRN (Conselho Regional de Nutricionistas) da 7ª Região protocolou junto ao Ministério Público do Estado do Pará uma denúncia contra Jéssica Nayane Araújo Batista. O órgão recebeu mais de quarenta acusações de que Jéssica estaria exercendo de forma ilegal a profissão de nutricionista, realizando atendimentos, promoções e prescrições nutricionais, podendo, desta forma, colocar em risco a saúde da população em geral.

O assunto causou grande discussão nas redes sociais nos últimos dias, mas a Reportagem do Portal CORREIO DE CARAJÁS tomou tempo para ouvir as múltiplas versões.

Jéssica Araújo reside em Marabá e possui mais de 75 mil seguidores no Instagram. Com uma história de sucesso pessoal em relação ao emagrecimento, ela ganhou muitos seguidores na rede social após começar a postar dicas de alimentação, treinos e sua rotina do dia a dia.

Leia mais:

Quase tão expressiva quanto seu número de seguidores é a enxurrada de denúncias que chegou ao CRN nas últimas semanas e que foram parar no MPPA. Foram mais de 40 reclamações, no total.

De acordo com elas, há alguns meses Jéssica acrescentou a palavra “nutri” em seu nome na rede e, a partir daí, começou a criar grupos, realizar consultorias nutricionais online e prescrever planos alimentares.

Diante de registros e investigações próprias sobre o assunto, nutricionistas de Marabá e região começaram uma campanha nas redes sociais para que cada profissional da área postasse o número do seu CRN ativo ou o diploma de conclusão do curso.

Vale ressaltar que para ser nutricionista no Brasil não basta ter concluído uma graduação e ser diplomado em curso reconhecido pelo Ministério da Educação. O registro no CRN é obrigatório para exercer a atividade.

 

Capa do Instagram da blogueira, que se apresentava como “jessicaaraujonutrii”. Prints de suposta conversa e de diploma

DENÚNCIAS

Após mais de 40 profissionais se manifestarem junto ao Conselho Regional de Nutricionistas, denunciando a prática ilegal da profissão supostamente realizada por Jéssica Araújo, o CRN protocolou uma representação e encaminhou ao Ministério Público Estadual, que a recebeu na última quinta-feira.

No documento, é solicitado ao MPPA que seja instaurado um inquérito visando a devida apuração das infrações que Jéssica possa ter cometido. Anexado ao documento há prints do Instagram da blogueira, em que ela afirma ser nutricionista e oferece seus serviços em grupos.

Algumas profissionais de nutrição foram mais longe e prestaram queixa na Polícia Civil de Marabá e registraram um boletim de ocorrência sobre o caso.

Fernanda Rocha, 36 anos, é nutricionista há 10 anos e ressalta a importância do CRN. Além de verificar todos os nutricionistas regulamentados diante do órgão, o Conselho é importante para a pessoa que procura atendimento especializado. “É uma garantia para o paciente. Caso haja qualquer tipo de situação que possa prejudicar a saúde dele, existe um órgão que observa nossas condutas e que vai cobrar do profissional suas obrigações”, informa.

Com o objetivo de esclarecer a população sobre os atendimentos profissionais, dezenas de nutricionistas publicaram vários alertas em suas redes sociais.

Laisla Bonfati, 29 anos, trabalha há 7 anos como nutricionista e afirma que para prescrever um plano alimentar ou realizar uma consultoria nutricional é preciso que a pessoa seja formada, tenha um diploma verdadeiro e o registro no Conselho Regional da classe. “Há um site do CRN, onde se pode pesquisar o profissional antes de realizar uma consulta”, destaca.

FORMAÇÃO EM XEQUE

A reportagem do CORREIO DE CARAJÁS procurou o polo de Marabá do Centro Universitário Leonardo da Vinci para obter informações sobre o curso de Nutrição.

Por meio de imagens de vídeos e fotos, Jéssica Araújo mostrou para seus seguidores em recente postagem um diploma de conclusão do curso de Nutrição, pela Uniasselvi.

De acordo com a coordenadora da unidade local, a turma mais antiga do curso está iniciando agora o 6º semestre. Em outras palavras, ninguém recebeu diploma pela instituição. “Nós só podemos nos manifestar através de uma notificação judicial. Não podemos dar informações sobre os alunos”, afirma Danielle Costa Silva, ao ser indagada se Jéssica é acadêmica daquela faculdade.

CRN ADOTA CAUTELA

O CORREIO DE CARAJÁS também entrou em contato, via telefone, com a assessoria jurídica do CRN da 7ª região. A advogada Greice Costa Vieira informou que foram registradas mais de 40 denúncias sobre o caso e que todas foram encaminhadas ao Ministério Público Estadual. “Por enquanto, o Conselho não irá se manifestar sobre o assunto até que haja uma conclusão das investigações por parte dos órgãos competentes”, disse a advogada.

POLÍCIA CIVIL NO CASO

À frente das investigações está o delegado Márcio Maio. Por telefone, ele informou ao Correio de Carajás que Jéssica Araújo será ouvida no próximo dia 17. Disse que um inquérito policial foi instaurado para averiguar os fatos e tudo está sendo investigado. “A Polícia Civil recebeu as denúncias e ouviu as denunciantes. Vou aguardar ouvir a Jéssica para poder então falar alguma coisa sobre o assunto”, pontuou o delegado.

DEFESA DE JÉSSICA

O CORREIO DE CARAJÁS entrou em contato com o representante jurídico da denunciada, que informou que Jéssica está sendo “alvo de ataques, fofocas e perseguição pessoal por dividir experiências pessoais com seus mais de 70 mil seguidores na rede social Instagram”.

Diego Adriano Freires, o referido advogado, afirmou que não existe parecer do Ministério Público sobre o suposto exercício ilegal da profissão. “Não existe sequer oitiva das partes. Além disso, o CRN não usou nenhum canal de comunicação ou institucional para se manifestar sobre o assunto”.

Questionado sobre a tabela de preços que constam o nome e o contato de sua cliente, sobre as consultorias nutricionais, Diego informa que está com toda a documentação para apresentar em sede policial sobre esse assunto e explicitar qual o papel da Jéssica nessa consultoria.

O Correio de Carajás também perguntou sobre o suposto diploma que Jéssica postou em vídeo na sua rede social. O advogado respondeu afirmando que esses questionamentos feitos pela equipe de reportagem são os mesmos utilizados por uma das denunciantes, que tem o intuito de perseguir sua cliente.

Com o objetivo de tratar o assunto de forma imparcial e ouvir todos os lados envolvidos, a reportagem não corrobora com qualquer tipo de perseguição, como citada pelo advogado.

Os questionamentos feitos ao advogado Diego Adriano foram baseados em fotos e vídeos retirados do próprio Instagram de Jéssica Araújo.

Por fim, ele finaliza dizendo que Jéssica é uma digital influencer fitness que tem sido alvo de ataques pessoais. Afirma que Jéssica é aluna de nutrição da Faculdade Uniasselvi e que ela apenas divide com seus seguidores suas experiências pessoais. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

IFPA de Conceição abre seleção para especialização em docência

IFPA de Conceição abre seleção para especialização em docência

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – Campus Conceição do Araguaia/PA, abrirá nesta segunda-feira (20/09) indo…
Prefeitura de Parauapebas deixa mais de 500 famílias sem ter onde morar

Prefeitura de Parauapebas deixa mais de 500 famílias sem ter onde morar

Um total de 514 famílias ocupam área de loteamento, destinada à implantação da nona fase do projeto habitacional Cidade Jardim,…
Base curricular deve ajudar a recuperar atrasos na aprendizagem

Base curricular deve ajudar a recuperar atrasos na aprendizagem

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) deverá ajudar as escolas de todo o país a recuperar os atrasos na aprendizagem…
Fiscais fazendários da Unidade de Carajás apreendem minério de ferro em Marabá

Fiscais fazendários da Unidade de Carajás apreendem minério de ferro em Marabá

Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), da Unidade de Mercadorias em Trânsito de Carajás, no sudeste do Pará,…
Buraco na camada de ozônio ultrapassa o tamanho da Antártida

Buraco na camada de ozônio ultrapassa o tamanho da Antártida

“O buraco da camada de ozônio cresceu consideravelmente na última semana e agora é maior do que 75% dos buracos…
Pará recebe nesta quinta-feira (16) mais 39.245 mil doses de vacina contra a Covid-19

Pará recebe nesta quinta-feira (16) mais 39.245 mil doses de vacina contra a Covid-19

Chegou a Belém, na manhã desta quinta-feira (16), a 82ª remessa de vacinas contra a Covid-19, enviada pelo Ministério da…