Correio de Carajás

Bando ataca agência do Banco do Brasil, faz reféns e foge com dinheiro

Depois que os bandidos saíram do banco, curiosos foram ao local ver o estrago deixado para trás - foto: Redes sociais
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A agência do Banco do Brasil da cidade de Jacundá foi alvo de uma ação criminosa na madrugada desta terça-feira, 22. Era meia-noite quando um grupo fortemente armado com fuzis atacou a agência, fez reféns e fugiu após intenso tiroteio. Segundo o comandante da 18ª Companhia Independente de Polícia Militar, major Fábio Rayol, nenhum civil ficou ferido.

A saraivada de disparos começou pouco mais de meia-noite, quando boa parte dos moradores estava dormindo. Entre 12 e 20 homens chegaram à agência do BB em motos e camionetes, fizeram reféns e atacaram a agência. O intenso tiroteio durou mais de uma hora, cessando por volta de 1h30.

Enquanto parte dos assaltantes permaneceu na Praça Inácio Pinto e na entrada da agência, outro grupo adentrou ao banco. A demora em arrombar o cofre causou medo e pânico a muitas pessoas, em decorrência dos disparos. A recomendação por meio das redes sociais era para que os moradores deitassem no chão em suas casas. “São projéteis de grosso calibre e que chegam a alcançar mais de dois quilômetros”, informava o major Rogério, ex-comandante da PM em Jacundá.

Leia mais:

Para evitar a fuga do grupo criminoso, a Polícia Militar chegou a interditar a Rodovia PA-150, colocando um caminhão atravessado sobre a ponte do Rio Arraia, o que não evitou a saída do bando da cidade, pela estrada do Pitinga que liga Jacundá a Rondon do Pará. Reféns foram vistos sobre capôs de camionetes durante a fuga.

Artefatos e cápsula de fuzil usados pelos bandidos para afugentar a polícia e facilitar a fuga da cidade de Jacundá

Por telefone, na manhã desta terça-feira, o major Fábio Rayol disse que o contingente foi mobilizado para assegurar a vida dos civis e que apenas a agência do BB foi alvo da quadrilha. No entanto, populares detectaram fumaça no interior da agência da Caixa Econômica Federal, que fica a pouco metros do BB. (Antonio Barroso)

Mais

Acusado de homicídio e mais um são baleados em Parauapebas

Acusado de homicídio e mais um são baleados em Parauapebas

Ronaldo Oliveira Melo, conhecido como De Menor, e Antônio Carvalho de Souza estão internados no Hospital Municipal de Parauapebas após…
Em Eldorado, homem morre com golpes de faca no pescoço

Em Eldorado, homem morre com golpes de faca no pescoço

Um homem foi morto na Rua 2, no centro de Eldorado do Carajás, na noite deste sábado (8). Lucas da…
Foi buscar mulher na festa e acabou assassinado

Foi buscar mulher na festa e acabou assassinado

Morreu aos 19 anos de idade o jovem Weliton de Lima Souza. A Polícia Civil de Goianésia do Pará identificou…
Polícia do MA pega suspeito de homicídio em Rondon

Polícia do MA pega suspeito de homicídio em Rondon

Durante toda esta sexta-feira (7), o delegado Thiago Santos, de Rondon do Pará, esteve apurando uma situação que ocorreu em…
Homem é preso vendendo baterias de R$ 16 mil por R$ 700

Homem é preso vendendo baterias de R$ 16 mil por R$ 700

Um homem foi preso na noite de sexta-feira (7) ao ser flagrado negociando três baterias furtadas na mineradora Vale. A…
Homem é esfaqueado em via pública no Vale do Itacaiunas

Homem é esfaqueado em via pública no Vale do Itacaiunas

O pedreiro Gerson da Silva Santos, 29 anos, foi morto com seis perfurações de arma branca, sendo cinco na região…