Correio de Carajás

Bancos já podem receber boletos vencidos acima de R$ 100

Foto: reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida entrou em vigor no último sábado (13) e o primeiro dia útil de compensação dos documentos é hoje (15). A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que começou a ser implementada em julho do ano passado.

Para serem aceitos pela rede bancária, em qualquer canal de atendimento, os dados do boleto precisam estar registrados na plataforma. Segundo a Febraban, os clientes que tiverem boletos não registrados na Nova Plataforma, rejeitados pelos bancos, devem procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito diretamente.

O novo sistema permite o pagamento em qualquer banco, independentemente do canal de atendimento usado pelo consumidor, inclusive após o vencimento, sem risco de erros nos cálculos de multas e encargos. Além disso, segundo a Febraban, o sistema traz mais segurança para a compensação de boletos, identificando tentativas de fraude, e evita o pagamento, por engano, de algum boleto já pago.

Leia mais:

As mudanças estão sendo feitas de forma escalonada, tendo sido iniciadas com a permissão para quitação de boletos acima de R$ 50 mil. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

A previsão inicial era que a partir de 21 de julho deste ano fossem incluídos os boletos com valores a partir de R$ 0,01. A expectativa era de que em 22 de setembro o processo tivesse sido concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros. Pelo novo cronograma, os boletos a partir de R$ 0,01 serão incluídos a partir do próximo dia 27 e os boletos de cartões de crédito, doações, entre outros, no dia 10 de novembro de 2018.

Segundo a Febraban, apesar de o sistema passar a processar documentos de menor valor, com volume maior, os bancos não preveem dificuldade na realização dos pagamentos, com base nos testes feitos nas fases anteriores. Com a inclusão e processamento desses boletos no sistema, a Nova Plataforma terá incorporado cerca de 3 bilhões de documentos – aproximadamente 75% do total emitido anualmente no país. Nas próximas fases, serão incorporados 1 bilhão de boletos de pagamento.

A Febraban lembra que a nova plataforma é resultado de uma exigência do Banco Central, com incorporação de dados obrigatórios, como CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador. (Agência Brasil)

Comentários

Mais

Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

O Governo Federal incluiu definitivamente gestantes, puérperas e lactantes, com ou sem comorbidade, no grupo prioritário de imunização contra a…
Moradores do Contestado se revoltam com obra parada há nove meses

Moradores do Contestado se revoltam com obra parada há nove meses

A região do Contestado, que apesar de pertencer à Marabá está localizada a 260 quilômetros da sede do município, sendo…
Taxa de desemprego fica em 14,6% no trimestre encerrado em maio

Taxa de desemprego fica em 14,6% no trimestre encerrado em maio

A taxa de desemprego no país ficou em 14,6% no trimestre encerrado em maio deste ano, segundo dados divulgados hoje…
Padre Fábio de Melo brinca com o calor de Marabá e repercute nas redes sociais

Padre Fábio de Melo brinca com o calor de Marabá e repercute nas redes sociais

Segue com grande repercussão e mais de 7 mil comentários uma postagem feita pelo padre Fábio de Melo em 29…
Famosos e autoridades lamentam incêndio em galpão da Cinemateca Brasileira

Famosos e autoridades lamentam incêndio em galpão da Cinemateca Brasileira

Famosos usaram as redes sociais para lamentar o incêndio que atingiu o galpão da Cinemateca Brasileira, localizado na Vila Leopoldina, Zona Oeste de…
Justiça do Pará proíbe programação com show de Zé Vaqueiro em Melgaço, no Pará

Justiça do Pará proíbe programação com show de Zé Vaqueiro em Melgaço, no Pará

A Justiça do Pará proibiu a programação oficial de verão da prefeitura de Melgaço, no Marajó. Um show com o…