Correio de Carajás

Aulas presenciais na rede municipal de Parauapebas são incertas

Por enquanto, os alunos da rede municipal seguem sem retornar às escolas/ Foto: PMP

COVID-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com o retorno parcial das aulas presenciais na rede estadual de ensino, nesta segunda-feira (2), após um ano e quatro meses de ensino remoto em função da pandemia de covid-19, os pais com crianças matriculadas nas redes municipais estão preocupados com o futuro dos filhos. Em Parauapebas, ainda não há decisão neste sentido.

Conforme informou a Secretaria Municipal de Educação (Semed), nesta segunda, as aulas não presenciais terão início nesta terça-feira (3), mas o plano de retorno das aulas presenciais da rede de ensino está pronto.

Entretanto, haverá uma reunião na quinta-feira (5) com a Comissão Intersetorial de Biossegurança – formada por representantes dos conselhos, vigilância sanitária, sindicato e outras secretarias – para avaliação e tomada de decisão sobre o melhor momento para o retorno na rede municipal.

Leia mais:

ESTADO

No estado, as escolas foram adaptadas com a instalação de pias e dispensadores de álcool para higienização de mãos; além de aferição de temperatura; distribuição de máscaras de proteção e medidas sanitárias previstas no Plano de Retomada de Aulas.

Este momento, segundo o governo estadual, é considerado um processo de acolhimento, uma vez que o retorno considera 25% das turmas da 3ª série do Ensino Médio; 5º, 9ª ano do Ensino Fundamental; além das terminalidades da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O retorno presencial é optativo e os alunos podem continuar estudando por meio do Todos Em Casa pela Educação. Entretanto, a escolha das turmas que iniciaram o presencial considera a competitividade para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e da prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), a ser realizada em novembro. (Luciana Marschall – com informações da assessoria da Prefeitura de Parauapebas e da Agência Pará)

Comentários

Mais

Anvisa pede inclusão de eventos adversos na bula da vacina da Janssen

Anvisa pede inclusão de eventos adversos na bula da vacina da Janssen

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) requereu à farmacêutica estadunidense Janssen e a sua representante no Brasil Cilag a…
Vídeo omite ações de governos anteriores para exaltar obras de Bolsonaro na Transamazônica

Vídeo omite ações de governos anteriores para exaltar obras de Bolsonaro na Transamazônica

Enganoso UOL Poder360 Correio do Estado A Gazeta (ES) Folha GZH CORREIO (BA) BandNews FM EstadãoVídeo engana ao indicar que…
Luiza Trajano entra na lista de 100 pessoas mais influentes da Time

Luiza Trajano entra na lista de 100 pessoas mais influentes da Time

A presidente do conselho de administração da rede varejista Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, entrou para a lista das 100…
Produtores celebram safra e doam melancias à merenda escolar

Produtores celebram safra e doam melancias à merenda escolar

A Associação de Hortifrutigranjeiros, Pescadores e Ribeirinhos de Marabá, localizada na comunidade Boa Esperança, distante 15 quilômetros, próximo à região…
MEC autoriza escolas a usarem verbas do PDDE para aulas presenciais

MEC autoriza escolas a usarem verbas do PDDE para aulas presenciais

Uma resolução do Ministério da Educação publicada no Diário Oficial da União de hoje (17) autoriza os gestores das escolas públicas de educação básica…
Fiocruz avalia efetividade da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer

Fiocruz avalia efetividade da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer

Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com dados colhidos entre 17 de janeiro e 19 de julho reforçou que…