Correio de Carajás

Atriz é condenada nos EUA a 3 anos de prisão por elo com seita sexual

(Foto: Jemal Countess/Getty Images)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Allison Mack também terá de pagar multa de cerca de 100 mil reais

A atriz de TV Allison Mack, famosa pelo papel de Chloe Sullivan em ‘Smallville’, foi condenada a três anos de prisão por seu envolvimento com a seita NXIVM por um tribunal americano. A decisão foi tomada depois que Mack se declarou culpada de acusações de ter manipulado mulheres para se tornarem escravas sexuais para o líder espiritual do grupo.

A atriz, que aguardava sentença em liberdade, foi ao tribunal federal do Brooklyn para ouvir sua pena. Allison assumiu a culpa por cooperar com o líder do NXIVM, Keith Raniere, assim como a responsabilidade de ajudá-lo a criar uma sociedade secreta de mulheres que sofreram lavagem cerebral e foram marcadas com suas iniciais com ferro quente.

A atriz Allison Mack, na companhia de seu advogado, deixa o tribunal em Nova York no qual seu caso está sendo julgado (Foto: Getty Images)

Além da sentença de prisão de três anos, a atriz também terá de pagar uma multa de cerca de 100 mil reais por sua participação no caso. Em uma carta enviada ao tribunal na semana passada, Mack escreveu que participar da seita  “foi o maior erro e o maior arrependimento da minha vida”. A atriz, membro do núcleo duro do grupo liderado por Keith Rainiere, condenado a 120 anos de prisão, era responsável por atrair mulheres para o NXIVM com sua fama, beleza e discurso empoderador. A seita atraiu não só anônimas, como também milionários e outras atrizes entre seus adeptos.

Leia mais:

Os promotores revelaram que, internamente, ela se tornou uma “senhora” para “escravos” que ela ordenou “para realizar trabalhos de parto, tirar fotos nuas e, em alguns casos, se envolver em atos sexuais com Raniere”. Todas as informações eram documentadas e serviam como ameaça caso as vítimas tentassem abandonar o grupo ou denunciar a violência de seus líderes.

Alisson Mack já havia participado do canal de Keith Raniere no YouTube em 2017 (Foto: Reprodução/YouTube)

O papel de Allison nos julgamentos dos envolvidos com a NXIVM se intensificou nas últimas semanas. Segundo informações publicadas pela imprensa, a atriz teria inclusive entregue uma gravação em que o líder comentava a marcação a ferro e os demais abusos às mulheres do NXIVM. Neste contexto, Mack decidiu se pronunciar pela primeira vez desde que o escândalo explodiu, com as investigações das autoridades norte-americanas, na carta anteriormente mencionada.

Endereçada às pessoas que foram prejudicadas pelas ações dela, na carta obtida em primeira mão pelo The Hollywood Reporter, Mack se desculpa. “Agora, é de suma importância para mim dizer, do fundo do meu coração, eu sinto muito. Eu me joguei nos ensinamentos de Keith Raniere com tudo que eu tinha. Acreditava, de todo o coração, que sua orientação estava me levando a uma versão melhor e mais iluminada de mim mesma. Dediquei minha lealdade, meus recursos e, em última análise, minha vida a ele. Este foi o maior erro e arrependimento da minha vida”, afirmou.

Allison Mack e Tom Welling em cena de Smallville (Foto: Divulgação)

“Sinto muito por aqueles de vocês que trouxe para Nxivm. Lamento ter exposto você aos esquemas nefastos e emocionalmente abusivos de um homem pervertido. Lamento ter incentivado você a usar seus recursos para participar de algo que no final das contas era tão feio. Não assumo levianamente a responsabilidade que tenho na vida daqueles que amo e sinto um grande peso de culpa por ter abusado de sua confiança, conduzindo-os por um caminho negativo. ”

Os advogados também tinham aproveitado para pedir qye tribunal poupasse Allison Mack de mais retrições da liberdade, destacando a sua completa colaboração. “Isso é deixado claro pela alocação de confissão da Sra. Mack, sua decisão de cooperar completa e totalmente com as autoridades, e é mais enfatizado em sua carta a este Tribunal, bem como seus esforços para demonstrar seu remorso ao público em geral e mais especificamente para aqueles que ela prejudicou.” Mas não foram atendidos. (Fonte: Monet)

Comentários

Mais

Servente é acusado de abusar de criança durante o trabalho

Servente é acusado de abusar de criança durante o trabalho

Uma ocorrência em residência do Bairro Beira Rio, em Parauapebas, nesta quinta-feira (14) resultou na prisão de Risomar Raimundo Oliveira,…
Idoso foi baleado ao tentar entregar o celular

Idoso foi baleado ao tentar entregar o celular

O idoso Albertino Pereira Gomes, 62 anos, foi baleado ao tentar entregar o celular durante um assalto. Segundo testemunhas, ele…
Quinze disparos tiram vida no Liberdade

Quinze disparos tiram vida no Liberdade

Durante a noite desta quarta-feira (13), cerca de dez a quinze disparos foram ouvidos no Bairro Liberdade, em Parauapebas. O…
Preso por assassinato de agente da PF muda versão

Preso por assassinato de agente da PF muda versão

Preso na noite de domingo (10), acusado de envolvimento no assassinato do agente da Polícia Federal, Ramon Santos Costa, o…
Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

Dois presos não retornam de “saída temporária” em Marabá

Entre os 2.559 presidiários do Pará, que tiveram o direito à saída temporária dos Dia dos Pais, pelo menos dois…
Polícia investiga crime no Bairro da Infraero, em Marabá

Polícia investiga crime no Bairro da Infraero, em Marabá

Acerto de contas ou vingança. Essas são duas das hipóteses sobre os motivos que levaram dois homens a assassinar o…