Correio de Carajás

Atraso na entrega e propaganda enganosa lideram reclamações na Black Friday

Foto: Pexels/Karolina Grabowska
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Volume de reclamações ligadas à data já é 20% maior que o de 2020

As reclamações de consumidores devido a atrasos em entregas de produtos lideram o ranking nesta Black Friday, representando 20,94%. Segundo levantamento do site Reclame Aqui, ela é seguida pelas reclamações de propaganda enganosa, com 16,48%.

Completam o ranking as reclamações sobre estorno de pagamento (8,93%), de problemas para finalizar a compra (5,7%) e de entrega de produto errado (5,6%).

O levantamento feito pelo site considera o total de reclamações feitas entre as 12h de quarta-feira (24) e as 12h desta sexta-feira (26), em que a Black Friday ocorre oficialmente. O volume de reclamações ligadas à data já é 20% maior que o de 2020, totalizando 6966.

Leia mais:

Até o período da pesquisa, os produtos que mais foram alvo de reclamações foram os smartphones (8,68% do total), seguido dos serviços de entrega (5,2%), tênis (4,36%), cartão de crédito (3,64%) e livros (2,6%).

Os livros, assim como pontos e milhas, aparecem pela primeira vez no ranking do Reclame Aqui para a data. Segundo o site, a alta de reclamações ligadas às milhas indica um aquecimento do setor de viagens com a vacinação.

Também entraram no ranking produtos de consumo, entre eles shampoo, perfume e itens de hipermercados. O ranking dos 10 produtos com mais reclamações tem itens com volume e peso menores que 2020.

“Estamos vivendo a Black Friday da mercearia, o que deixa claro o momento inflacionário e difícil para as empresas e ainda mais para o consumidor. Itens de mercearia e higiene, por exemplo, são os únicos que restaram aos consumidores para buscar descontos reais”, afirma Edu Neves, presidente do Reclame Aqui.

Os produtos mais leves costumam ter uma entrega mais fácil, o que facilita o estabelecimento de prazos curtos pelas lojas. Para o Reclame Aqui, o alto volume de compras acaba gerando os atraso nas entregas. Até o momento, as grandes varejistas concentram o maior número de reclamações.

Além das reclamações, as consultas de reputação de empresas no site cresceram 15% em relação ao ano passado.

(Fonte:CNN)

Comentários

Mais

Família de Douglas Silva anuncia medidas judiciais contra autores de conteúdo racista postado sobre o ator

Família de Douglas Silva anuncia medidas judiciais contra autores de conteúdo racista postado sobre o ator

A família do ator Douglas Silva, que participa da edição 2022 do Big Brother Brasil, anunciou que está tomando “todas…
TRF1 anula autorizações para exploração mineral em terras indígenas

TRF1 anula autorizações para exploração mineral em terras indígenas

O Ministério Público Federal (MPF) obteve a nulidade de todas as autorizações para exploração mineral em terras indígenas na região…
Resolução detalha avaliação psicológica para porte de arma

Resolução detalha avaliação psicológica para porte de arma

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) publicou no Diário Oficial da União de hoje (26) a resolução que regulamenta a avaliação psicológica…
Papa pede para que pais "não condenem" filhos gays

Papa pede para que pais "não condenem" filhos gays

O papa Francisco pediu, nesta quarta-feira (26/1), para que pais não condenem seus filhos devido à orientação sexual. O apelo…
Jairo Milhomem é afastado da coordenação da Defesa Civil de Marabá

Jairo Milhomem é afastado da coordenação da Defesa Civil de Marabá

A Defesa Civil de Marabá tem um novo coordenador, pelo menos por enquanto. O cargo agora está sendo assumido, de…
Prefeito de Tucuruí decreta Situação de Emergência por causa da enchente

Prefeito de Tucuruí decreta Situação de Emergência por causa da enchente

Mais de duas centenas de famílias estão desabrigadas em decorrência da elevação do nível do Rio Tocantins no município de…