Correio de Carajás

Associação de Teatro pede doações para montar biblioteca em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
2 Visualizações

Se estruturando aos poucos, a Associação de Teatro de Parauapebas (ATP) tenta montar uma biblioteca com material especializado na área artística, para facilitar a pesquisa e o aprendizado dos alunos que fazem cursos de teatro na cidade. A associação foi criada há três anos, por um grupo de artistas da cidade e é a primeira associação de teatro da região sul e sudeste do Pará.

A entidade é uma associação civil sem fins lucrativos, congregando grupos, artistas, produtores e trabalhadores culturais da área de teatro. Segundo o atual coordenador da ATP, Doddy Amancio, a associação surgiu para trabalhar programas culturais, no sentido na valorização dos grupos, companhias e demais profissionais do teatro.

#ANUNCIO

Leia mais:

Para tentar montar a biblioteca, a associação pede a doação de livros especializados, cadeiras, mesas, estantes e aparelhos de refrigeração. Ele explica que Parauapebas tem poucas livrarias e bibliotecas que oferecem obras nessa área.

“Nós precisamos instrumentalizar melhor nossos artistas, porque entendemos que a formação de um profissional perpassa pelo caminho da pesquisa e ensino, para que melhor ele possa exercer sua função. Por isso, estamos buscando montar uma biblioteca com livros, DVDs e revistas voltados exclusivamente a essa área”, frisa Amancio.

Ele ressalta que a ATA vem realizando campanhas, pedindo doações de livros, DVDs e revistas na área artística, como cenografia, figurinos, maquiagem, sonoplastia e iluminação para teatro, assim também como móveis para montar a biblioteca. Além da comunidade artística, a biblioteca também será aberta a comunidade.

“Nos entendemos que a informação e literatura devem ser compartilhadas. Muitas vezes a pessoa tem esse material em casa, que está lá só pegando poeira e sendo consumido por traças, e porque não doar para ser fonte de pesquisa para a comunidade”, enfatiza Doddy, ressaltando que quem sabe futuramente a cidade não ganha um curso superior de teatro.

Para doar, a pessoa pode entrar em contato através dos números (94) 99229-3655/98182-4422/99212-8084 e 98134-1692. (Tina Santos)

Se estruturando aos poucos, a Associação de Teatro de Parauapebas (ATP) tenta montar uma biblioteca com material especializado na área artística, para facilitar a pesquisa e o aprendizado dos alunos que fazem cursos de teatro na cidade. A associação foi criada há três anos, por um grupo de artistas da cidade e é a primeira associação de teatro da região sul e sudeste do Pará.

A entidade é uma associação civil sem fins lucrativos, congregando grupos, artistas, produtores e trabalhadores culturais da área de teatro. Segundo o atual coordenador da ATP, Doddy Amancio, a associação surgiu para trabalhar programas culturais, no sentido na valorização dos grupos, companhias e demais profissionais do teatro.

#ANUNCIO

Para tentar montar a biblioteca, a associação pede a doação de livros especializados, cadeiras, mesas, estantes e aparelhos de refrigeração. Ele explica que Parauapebas tem poucas livrarias e bibliotecas que oferecem obras nessa área.

“Nós precisamos instrumentalizar melhor nossos artistas, porque entendemos que a formação de um profissional perpassa pelo caminho da pesquisa e ensino, para que melhor ele possa exercer sua função. Por isso, estamos buscando montar uma biblioteca com livros, DVDs e revistas voltados exclusivamente a essa área”, frisa Amancio.

Ele ressalta que a ATA vem realizando campanhas, pedindo doações de livros, DVDs e revistas na área artística, como cenografia, figurinos, maquiagem, sonoplastia e iluminação para teatro, assim também como móveis para montar a biblioteca. Além da comunidade artística, a biblioteca também será aberta a comunidade.

“Nos entendemos que a informação e literatura devem ser compartilhadas. Muitas vezes a pessoa tem esse material em casa, que está lá só pegando poeira e sendo consumido por traças, e porque não doar para ser fonte de pesquisa para a comunidade”, enfatiza Doddy, ressaltando que quem sabe futuramente a cidade não ganha um curso superior de teatro.

Para doar, a pessoa pode entrar em contato através dos números (94) 99229-3655/98182-4422/99212-8084 e 98134-1692. (Tina Santos)

Comentários
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mais

Músicos fecham acesso à ponte rodoferroviária com barreira

Músicos fecham acesso à ponte rodoferroviária com barreira

Conforme prometido previamente, a categoria dos músicos da noite de Marabá, que estão sem poder trabalhar há várias semanas, em…
Pará se destaca na Amazônia em transparência de dados ambientais

Pará se destaca na Amazônia em transparência de dados ambientais

O relatório “Transparência das informações ambientais na Amazônia Legal: o acesso à informação e a disponibilização de dados públicos”, lançado…
MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes

MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes

O Ministério da Educação (MEC) vai abrir, nos dias 3 e 4 de maio, as inscrições para as bolsas remanescentes…
Casa da Cultura de Canaã celebra o Mês do Índio

Casa da Cultura de Canaã celebra o Mês do Índio

A cultura paraense é marcada por forte influência indígena. A contribuição do povo mais antigo no solo brasileiro pode ser…
Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS

Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS

Confusão e negligência no combate à Covid-19 fazem com que a pandemia esteja longe de terminar, mas a situação pode…
MST programa ações em torno dos 25 anos do Massacre de Eldorado

MST programa ações em torno dos 25 anos do Massacre de Eldorado

Entre os dias 10 e 21 de abril, o Movimento Sem Terra (MST) tem ações afirmativas programadas em torno da…