Correio de Carajás

Asilo de Battisti teve motivação político-partidária, diz Sérgio Moro

Foto: reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou hoje (17) que foi acertada a decisão do presidente da República Michel Temer de extraditar o italiano Cesare Battisti, de 64 anos, condenado à prisão perpétua em seu país. Segundo ele, o asilo, anteriormente concedido a Battisti, seguiu motivações político-partidárias.

“Na minha avaliação, o asilo que foi concedido a ele, anos atrás, foi um asilo com motivações político-partidárias, e em boa hora isso foi revisto. Então, não se pode tratar a cooperação jurídica internacional por critérios político-partidários, e a decisão [do presidente Michel Temer] é acertada. Lamentavelmente, essa pessoa encontra-se foragida.”

Moro criticou o asilo dado a Battisti e avaliou que o Brasil deve respeitar acordos de cooperação internacional com outros países.

Leia mais:

“Os países têm que cooperar entre eles contra a criminalidade e o senhor Cesari Battisti foi condenado por homicídios, na Itália, que é um país que tem um Judiciário forte e independente, e não cabe ao Brasil ficar avaliando o mérito ou não da condenação”, afirmou.

Para o futuro ministro, Battisti poderá apelar aos tribunais de Justiça na Itália, se considerar injusto o mérito de sua condenação. Moro ressaltou a autonomia e independência das cortes italianas.

“Retornando à Itália, esperando que ele seja encontrado, cabe [ao próprio] levar as reclamações quanto à eventual injustiça da condenação para os órgãos de Justiça italianos, que têm plenas condições de decidir qualquer problema que tenha havido, eventualmente, na condenação.”

A afirmação de Moro ocorreu durante o anúncio da indicação de Maria Hilda Marsiaj Pinto para a Secretaria Nacional de Justiça de seu ministério.

(Agência Brasil)

Mais

Inauguração de prisões é momento histórico, diz governador

Inauguração de prisões é momento histórico, diz governador

Durante a inauguração da Unidade Semiaberto Masculino de Marabá (com 200 vagas) e da Cadeia Pública de Marabá (306 vagas…
Ray Athie toma posse como vereador na Câmara

Ray Athie toma posse como vereador na Câmara

Por volta de meio dia desta quarta-feira, dia 12 de maio, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Marabá deu…
Wajngarten fala sobre campanha contra covid e vacina da Pfizer

Wajngarten fala sobre campanha contra covid e vacina da Pfizer

O ex-secretário especial de Comunicação Social Fábio Wajngarten disse nesta quarta-feira (12) que tanto a pasta que comandou quanto o…
Helder Barbalho visita Marabá nesta quarta-feira (12)

Helder Barbalho visita Marabá nesta quarta-feira (12)

O governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, participa de uma série de eventos nesta quarta-feira (12) no município. A…
Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia nesta terça-feira (11), o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância…
Guedes diz que reforma administrativa será moderada

Guedes diz que reforma administrativa será moderada

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou como bastante moderada a proposta do governo de reforma administrativa, em audiência pública,…