Correio de Carajás

Arma abre espaço para novos talentos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Valorizar a produção artística marabaense. Foi com esse objetivo que a Associação dos Artistas Visuais do Sul e Sudeste do Pará (Arma), realizou no último fim de semana, no Cine Marrocos, sua 8º Mostra de Artes Integradas. O evento contou com uma grande participação popular e foi resultado das oficinas de formação artística dos projetos patrocinados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) e Sinobras.

A mostra contou com apresentações de dança folclórica, moderna e jazz, além de peças teatrais e shows musicais que encantaram o público presente.

Com a participação de jovens na faixa etária de 10 a 18 anos a mostra destacou a preocupação da instituição em utilizar a arte educação e a cultura, como proposta para combater os crescentes índices de violência que afetam principalmente os jovens no município.

Leia mais:

Dança

Sob a orientação da dançarina e arte educadora Anieli Bezerra os talentos da Arma encantaram o público com suas performances, solos e em grupos, mostrando sintonia e versatilidade em todos os movimentos apresentados.

“A dança transforma a vida, pois implementa ações positivas que contribuem para a elevação da autoestima principalmente dos jovens, fiquei impressionada pela garra e pela determinação dos meus dançarinos que refletiram diretamente em suas apresentações, com poucos erros, apesar da idade, mostrando que o trabalho quando e levado a sério e com compromisso como a Arma faz em Marabá, pode se revelar grandes talentos”, afirmou.

Outro momento marcante do evento foi a apresentação dos grupos de dança moderna da Arma, em parceria com o centro comunitário da Igreja Católica do Bairro Liberdade, que com coreografias e performances inovadoras revelou um novo olhar sobre o cenário da dança jovem na cidade.

Teatro

Capitaneados pelo arte-educador, Avelino Rodrigues, professor de teatro na Arma, os jovens alunos, frutos de parceria de oficinas com a escola Municipal Doralice, foram bastante elogiadas, com belas interpretações dos jovens atores que arrancaram sorrisos e lágrimas do público presente, mostrando a importância de projetos como esse que valorizam e estimulam o desenvolvimento de novos talentos.

“Fiquei satisfeito com o resultado final das apresentações que foram o resultado de dezenas de horas de ensaios. Nossos jovens colocaram o coração em seus personagens e os espetáculos saíram como o esperado”, declarou. 

Música

A música também esteve presente na mostra. Sob a coordenação dos professores Júnior Barros e Isac Araújo, os jovens fizeram apresentações de voz e violão, homenageando grandes compositores brasileiros de diversos gêneros, do pop rock ao gospel.

 “A realização da mostra possibilitou que pudéssemos dar visibilidade às ações de formação artística que realizamos diariamente na Arma e que culminou com o evento que foi um grande sucesso, em que utilizamos a arte como ferramenta de transformação social na vida desses jovens,” Afirmou Gilzane Magalhães, uma das coordenadoras da Arma.

 

Valorizar a produção artística marabaense. Foi com esse objetivo que a Associação dos Artistas Visuais do Sul e Sudeste do Pará (Arma), realizou no último fim de semana, no Cine Marrocos, sua 8º Mostra de Artes Integradas. O evento contou com uma grande participação popular e foi resultado das oficinas de formação artística dos projetos patrocinados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) e Sinobras.

A mostra contou com apresentações de dança folclórica, moderna e jazz, além de peças teatrais e shows musicais que encantaram o público presente.

Com a participação de jovens na faixa etária de 10 a 18 anos a mostra destacou a preocupação da instituição em utilizar a arte educação e a cultura, como proposta para combater os crescentes índices de violência que afetam principalmente os jovens no município.

Dança

Sob a orientação da dançarina e arte educadora Anieli Bezerra os talentos da Arma encantaram o público com suas performances, solos e em grupos, mostrando sintonia e versatilidade em todos os movimentos apresentados.

“A dança transforma a vida, pois implementa ações positivas que contribuem para a elevação da autoestima principalmente dos jovens, fiquei impressionada pela garra e pela determinação dos meus dançarinos que refletiram diretamente em suas apresentações, com poucos erros, apesar da idade, mostrando que o trabalho quando e levado a sério e com compromisso como a Arma faz em Marabá, pode se revelar grandes talentos”, afirmou.

Outro momento marcante do evento foi a apresentação dos grupos de dança moderna da Arma, em parceria com o centro comunitário da Igreja Católica do Bairro Liberdade, que com coreografias e performances inovadoras revelou um novo olhar sobre o cenário da dança jovem na cidade.

Teatro

Capitaneados pelo arte-educador, Avelino Rodrigues, professor de teatro na Arma, os jovens alunos, frutos de parceria de oficinas com a escola Municipal Doralice, foram bastante elogiadas, com belas interpretações dos jovens atores que arrancaram sorrisos e lágrimas do público presente, mostrando a importância de projetos como esse que valorizam e estimulam o desenvolvimento de novos talentos.

“Fiquei satisfeito com o resultado final das apresentações que foram o resultado de dezenas de horas de ensaios. Nossos jovens colocaram o coração em seus personagens e os espetáculos saíram como o esperado”, declarou. 

Música

A música também esteve presente na mostra. Sob a coordenação dos professores Júnior Barros e Isac Araújo, os jovens fizeram apresentações de voz e violão, homenageando grandes compositores brasileiros de diversos gêneros, do pop rock ao gospel.

 “A realização da mostra possibilitou que pudéssemos dar visibilidade às ações de formação artística que realizamos diariamente na Arma e que culminou com o evento que foi um grande sucesso, em que utilizamos a arte como ferramenta de transformação social na vida desses jovens,” Afirmou Gilzane Magalhães, uma das coordenadoras da Arma.

 

Comentários
Joelma lança clipe sobre força e libertação feminina: ‘Cheguei ao fundo do poço algumas vezes’

Joelma lança clipe sobre força e libertação feminina: ‘Cheguei ao fundo do poço algumas vezes’

O nome dela é Joelma, mas pode chamar de Fênix. Ou libélula, como a cantora se mostrará a partir desta quinta-feira…
Mick Jagger lança 'Eazy Sleazy' em parceria com Dave Grohl para celebrar fim do lockdown na Inglaterra

Mick Jagger lança 'Eazy Sleazy' em parceria com Dave Grohl para celebrar fim do lockdown na Inglaterra

Mick Jagger lançou, de surpresa, uma música nesta terça-feira (13), “Eazy Sleazy”, que comemora o fim do lockdown na Inglaterra…
Virada Digital 2021 abre inscrições para workshops gratuitos

Virada Digital 2021 abre inscrições para workshops gratuitos

A Virada Digital 2021 abre, na segunda-feira (12), as inscrições para quatro workshops gratuitos sobre comunicação, escrita poética, cinema e…
Ulda Wambergue lança “Amor Líquido” nesta sexta (9)

Ulda Wambergue lança “Amor Líquido” nesta sexta (9)

O amor pode até ser efêmero, mas, isso não quer dizer que ele não exista. É dessa premissa que nasce…
Movimenta Pebas inscreve para curso de cinema com Cavi Borges

Movimenta Pebas inscreve para curso de cinema com Cavi Borges

Estão abertas as inscrições para o curso on-line sobre História do Cinema de Baixíssimo Orçamento. Esta é a primeira atividade…
Óticas Hellena promovem reality com influencers

Óticas Hellena promovem reality com influencers

Elas estão chegando lá! Em uma divertida competição de likes, comentários e respostas em enquetes, 10 jovens influenciadoras digitais estão…