Correio de Carajás

Após confusão, jovem morre esfaqueado na Vila Murumuru

Após confusão, jovem morre esfaqueado na Vila Murumuru
Diego foi assassinado em meio a uma confusão ainda mal explicada / Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Os policiais militares do Destacamento de Morada Nova foram chamados na noite do último sábado (14) para atender uma ocorrência de esfaqueamento na Vila Murumuru. De acordo com o registro pela Polícia Militar no Boletim de Ocorrência, Diego Nascimento Conceição de Sousa, de 24 anos, levou uma facada na barriga e quando a viatura da PM chegou ao local a vítima já estava sendo socorrida por duas pessoas, Antônio Welbis Silva dos Santos e um adolescente, que carregavam Diego em um Corsa de cor preta, placa KES-8971. Apesar dessa tentativa de socorro, o rapaz não resistiu ao ferimento e morreu quando o carro passava por Morada Nova.

Marcos William é acusado de ter esfaqueado o jovem Diego Nascimento

O corpo foi encaminhado ao Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato Chaves e as testemunhas foram conduzidas até a 21ª Seccional de Polícia Civil para prestarem depoimento. Em seguida, a equipe da Divisão de Homicídios esteve no local do crime e, após colher informações com moradores, localizou Marcos William dos Santos, acusado de desferir a facada que matou Diego.

Na delegacia, a reportagem do Correio conversou com a mãe de Marcos. Adriana dos Santos Silva disse que o filho apenas ajudou a carregar Diego até o carro. “Teve a confusão com o rapaz lá, um pegou na moto do outro, aí o povo encheu, acho que alguém estava com raiva desse rapaz e esfaqueou ele. Todo mundo no bar viu que não foi meu filho, um homem pediu socorro pra levar pro hospital. Ele só pegou o menino e botou dentro do carro”, contou.

Leia mais:
Adriana dos Santos garante que o filho é inocente e pede investigação da polícia

De acordo com testemunhas, a briga que terminou com a morte de Diego foi motivada por uma discussão que começou porque a vítima teria batido com a moto em um carro, próximo a um bar localizado na Vila Murumuru.

A mãe do acusado pediu que a polícia esclareça os fatos. “Meu filho não é de briga, de caçar confusão com ninguém! Eles [a polícia] têm que investigar isso direito”, clamou ela.

(Fabiane Barbosa, com informações de Josseli Carvalho)

Comentários

Mais

Homem é morto na frente do sobrinho de 6 anos

Homem é morto na frente do sobrinho de 6 anos

Uma criança de seis anos de idade testemunhou a execução sumária do tio, de 21 anos, conhecido como Wemerson Pablo…
Colisão entre caminhonete e moto estraçalha motociclista

Colisão entre caminhonete e moto estraçalha motociclista

Um acidente terrível se registrou por volta das 16h de ontem na PA-160, município de Canaã de Carajás: uma caminhonete…
Fasepa investigará morte de adolescente no CIAM

Fasepa investigará morte de adolescente no CIAM

A Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) enviou nota para o CORREIO, no final da manhã de ontem (24),…
Ladrão furta equipamento avaliado em R$ 10 mil

Ladrão furta equipamento avaliado em R$ 10 mil

Um furto a uma reforma em residência particular do bairro Betânia, em Parauapebas, a prisão de João Francisco Silva Soeiro…
Mais de 14 mil pessoas são presas em Operação Maria da Penha

Mais de 14 mil pessoas são presas em Operação Maria da Penha

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) divulgou hoje (24) números da Operação Maria da Penha, lançada em agosto com o…
Menor foi morto por colega de cela com lâmina de barbear

Menor foi morto por colega de cela com lâmina de barbear

Está identificado como Eduardo Ferreira Lima, de apenas 14 anos de idade, o adolescente assassinado dentro do Centro de Internação…