Correio de Carajás

Após 38 dias de internação e recuperada da Covid-19, idosa reencontra a bisneta de 6 anos em Marabá

Foto: Ascom Pró-Saúde

REENCONTRO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Após lutar por 38 dias contra a Covid-19 no Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso, em Marabá, a aposentada Maria Aparecida Pereira, de 83 anos, recebeu alta médica e voltou para os braços da família na última sexta-feira, 21.

A aposentada deu entrada no hospital no dia 13 de abril, em estado grave e transferida de outra unidade de saúde. Ela precisou ser intubada devido ao comprometimento pulmonar e passou por tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Regional do Sudeste do Pará.

Durante a internação, Maria também precisou de uma traqueostomia, além de passar por nova intubação. Ao todo, dos 38 dias internada na unidade, a paciente ficou 18 dias intubada antes de apresentar melhora e continuar seu tratamento na enfermaria.

Leia mais:

O Hospital Regional do Sudeste do Pará é uma unidade que pertence ao Governo do Estado, sendo gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde. Referência no tratamento de casos graves da Covid-19 na região, mais de 400 pessoas já foram recuperadas da doença pela unidade com atendimento 100% pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

 

Reencontro da bisneta de 6 anos

Após receber alta, Maria Aparecida conseguiu reencontrar parte da família na recepção do hospital. Durante a despedida do hospital, ela ganhou aplausos dos profissionais de saúde em homenagem pela recuperação. Maria é a matriarca da família com quatro filhos, dez netos e 12 bisnetos.

Alana Yasmin, com apenas 6 anos, é uma das bisnetas de Maria. Elas se reencontraram durante a saída do hospital. A pequena ficou contente e rever a “bisa”, como chama Maria. Segundo a família, ambas são bastante apegadas.

“Eu amo minha bisa, senti muito falta dela, pensei que não ia mais vê-la novamente, agora vamos poder voltar a brincar. Somos muito amigas!”, disse a bisneta com carinho.

Para a enfermeira Lorenna Fachetti, responsável por uma das UTIs com atendimento exclusivo aos casos do novo coronavírus no Regional do Sudeste do Pará, a alta da paciente é um motivo de comemoração, mas reiterou o alerta para a necessidade de a população estar unida no enfrentamento ao vírus.

“A alta da Maria foi uma das nossas grandes vitórias aqui no hospital desde o início da pandemia. Ela foi uma paciente que chegou em estado muito grave, com comorbidades, mas com o empenho e dedicação de todos conseguimos recuperá-la”, explicou.

Em agradecimento ao cuidado assistencial prestado à Maria Aparecida, a neta Flavia Dias deixou uma mensagem especial aos profissionais de saúde. Além de contar sobre o apoio e conforto recebido de todos os profissionais, que sempre estiveram otimistas na recuperação da sua avó, ela destaca o papel fundamental dos profissionais.

“Mesmo que eu passe o resto da vida agradecendo, não vou conseguir o suficiente, todos esses profissionais do Regional do Sudeste do Pará são grandes heróis. Seremos eternamente gratos”, afirmou. (Ascom Pró-Saúde)

Comentários

Mais

Mega-Sena: aposta única leva prêmio de R$ 43,2 milhões

Mega-Sena: aposta única leva prêmio de R$ 43,2 milhões

Uma aposta feita em Balneário Camboriú (SC) levou o prêmio de R$ 43,2 milhões da Mega-Sena. O apostador acertou as…
Bolsonaro faz 'motociata' em SP ao lado de apoiadores

Bolsonaro faz 'motociata' em SP ao lado de apoiadores

O presidente Jair Bolsonaro está em passeata pela cidade de São Paulo, em manifestação organizada por integrantes de clubes de…
Aos 80 anos, morre o ex-vice-presidente Marco Maciel

Aos 80 anos, morre o ex-vice-presidente Marco Maciel

Morreu neste sábado (12), aos 80 anos, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel. Segundo o genro do político, Joel Braga,…
Capacitação de profissionais é aposta para combater trabalho infantil

Capacitação de profissionais é aposta para combater trabalho infantil

No lugar da boneca e do carrinho, a enxada e a vassoura. No lugar do tempo para estudo e descanso,…
Casal passou a morar junto e construiu sua “família”

Casal passou a morar junto e construiu sua “família”

  A história de Juliana Milhomem e Victoria Kaline é semelhante à de Polyana e Amanda. Ambas se conheceram em…
Mulheres que são felizes com outras mulheres

Mulheres que são felizes com outras mulheres

“Consideramos justa toda forma de amor”. Parafraseando Lulu Santos, começamos essa história com o trecho da emblemática música “Toda forma…