Ads

Um jovem conseguiu, literalmente, parar o trânsito ontem e chamar a atenção de muita gente na Nova Marabá com um apelo por emprego. Ele escreveu o pedido uma cartolina e se colocou de joelho perto do meio dia no meio da pista da VP-3, na divisa entre as folhas 32 e 31. O local tem muito movimento por ser perto do Terminal Rodoviário, Polícia Federal e bancos. “Gente, por favor me ajeita um trabalho…é porque meu filho nasceu e eu preciso pagar pensão. Por favor me ajuda”, dizia o cartaz, constando o número de telefone do homem.

Ads

A quem parou para ouvir sua história, ele disse que se chama Ailton e que veio de Brasília (DF) confiante em uma promessa de emprego que um homem lhe fez para Marabá. Que aqui chegando o pretenso empregador disse que não tinha mais como lhe dar abrigo e trabalho, por questões pessoais envolvendo a esposa e que precisava viajar. Ailton argumenta, então, que quer continuar por aqui e tentar trabalho na cidade, que acredita ser mais simples do que em Brasília, onde já vinha desempregado, também.

Ads