Correio de Carajás

Ao contrário do decreto estadual, Salinópolis libera acesso às praias em meio a aumento da Covid-19

Praias do Atalaia e Farol Velho são as mais procuradas de Salinas — Foto: Tarso Sarraf / O Liberal
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mesmo com decreto do governo, que proíbe acesso às praias no Pará, como medida de controle à disseminação da Covid-19, a prefeitura de Salinópolis, nordeste do estado, tomou decisão oposta.

Um decreto municipal, divulgado nesta quinta (10), autoriza o acesso às quatro principais praias da cidade e outras medidas menos rígidas que as do decreto estadual.

As determinações da prefeitura não citam toque de recolher, uma das principais medidas determinada pelo governo do estado.

Leia mais:

O decreto da prefeitura de Salinópolis determina o seguinte:

  • está autorizado funcionamento até 00h de restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos afins, respeitando distanciamento de 1,5 m;
  • venda de bebidas alcoólicas está proibida entre 00h e 6h;
  • apresentações não podem ultrapassar o número de cinco músicos/artistas ;
  • está autorizado clubes recreativos;
  • proíbe aglomerações, reuniões, manifestações, em locais públicos, para fins recreativos, com audiência superior a 50 pessoas;
  • permite eventos em locais fechados, com lotação máxima de 50% da capacidade e apresentação com até 5 músicos/artistas;
  • autoriza academias de ginástica e afins;
  • autoriza clínicas de estética, salões de beleza, barbearias e afins;
  • supermercados, mercados e afins devem controlar entrada de pessoas, seguir regras de distanciamento, fornecer alternativas de higienização e impedir acesso de pessoas sem máscaras;
  • permite o acesso de veículos e pessoas nas praias do Atalaia, Farol Velho, Maçarico e Corvina, inclusive nos fins de semana e feriados;
  • estabelecimentos comerciais e que atendem público só podem funcionar nas praias entre 7h e 19h.

O decreto estadual determinou classificação de alto risco para proliferação do novo coronavírus em todo o território do Pará. O estado vive uma nova onda, com rápido aumento de casos e mortes, após aparecimento novas variantes do vírus causador da Covid-19.

Salinópolis registra nesta quinta (11) 839 casos de Covid-19 e 50 mortes.

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Bolsonaro faz 'motociata' em SP ao lado de apoiadores

Bolsonaro faz 'motociata' em SP ao lado de apoiadores

O presidente Jair Bolsonaro está em passeata pela cidade de São Paulo, em manifestação organizada por integrantes de clubes de…
Aos 80 anos, morre o ex-vice-presidente Marco Maciel

Aos 80 anos, morre o ex-vice-presidente Marco Maciel

Morreu neste sábado (12), aos 80 anos, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel. Segundo o genro do político, Joel Braga,…
Capacitação de profissionais é aposta para combater trabalho infantil

Capacitação de profissionais é aposta para combater trabalho infantil

No lugar da boneca e do carrinho, a enxada e a vassoura. No lugar do tempo para estudo e descanso,…
Casal passou a morar junto e construiu sua “família”

Casal passou a morar junto e construiu sua “família”

  A história de Juliana Milhomem e Victoria Kaline é semelhante à de Polyana e Amanda. Ambas se conheceram em…
Mulheres que são felizes com outras mulheres

Mulheres que são felizes com outras mulheres

“Consideramos justa toda forma de amor”. Parafraseando Lulu Santos, começamos essa história com o trecho da emblemática música “Toda forma…
Namoro que floresce no meio na pandemia

Namoro que floresce no meio na pandemia

Sílvia e Moisés e se tornaram amigos inseparáveis, contavam tudo um para o outro, até se ajudaram a ficar com…