Correio de Carajás

Anvisa muda regras para uso emergencial de vacina contra covid-19

Foto: Marcelo Camargo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) alterou ontem (29) dois pontos dos requisitos mínimos para submissão de pedido de autorização de uso emergencial de vacinas para covid-19.

“A publicação foi alterada em pontos específicos referentes aos documentos a serem submetidos à agência”, disse a Anvisa, em nota.

A mudança foi divulgada um dia depois da farmacêutica Pfizer informar, em comunicado, que não solicitará o uso emergencial de sua vacina no Brasil.

Leia mais:

O imunizante foi desenvolvido em parceria com a empresa alemã BioNtech e já é utilizado em países como Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e França, entre outros. 

A Anvisa modificou um dos pontos destacados pela Pfizer como entrave para o uso emergencial. O dispositivo exigia a apresentação de um cronograma de distribuição da vacina específico para o Brasil, bem como a informação precisa da quantidade de produto acabado disponível para compra. Segundo a multinacional farmacêutica, tais pontos “só poderão ser definidos na celebração do contrato definitivo”.

Novas regras

Pelas novas regras da Anvisa, passou a ser necessário apresentar somente “informações sobre a previsão da quantidade de produto acabado disponível para importação e/ou disponibilização”.

O outro ponto alterado diz respeito ao Termo de Consentimento Livre e Esclarecido a ser elaborado com os dados específicos da vacina que se pretende autorizar para uso emergencial.

A Anvisa incluiu nos requisitos a sugestão de que seja utilizado o modelo simples disponibilizado pelo governo do Reino Unido. Pode ser empregado também “outro modelo desenvolvido pela empresa”, segundo a nova redação do Guia 42/2020.

No comunicado de segunda-feira (28), a Pfizer disse ter se reunido com técnicos da Anvisa em 14 de dezembro para esclarecer as dúvidas sobre o pedido de uso emergencial, e que, até aquele momento, concluiu ser mais célere submeter a vacina aos trâmites normais de autorização. (Agência Brasil)

Mais

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Um morador nada comum deu o “ar da graça” e surpreendeu a população da Folha 6. Um filhote de jacaré…
Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

O prefeito Tião Miranda publicou, no final da tarde desta quinta-feira, 13, uma Nota de Repúdio contra manifestações de sindicalistas…
Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (13), a maior remessa de doses de vacinas contra Covid-19,  com um total…
Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Os proprietários de veículos com final de placas 76 a 96 poderão pagar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores…
Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Selecionada por um edital do Banco da Amazônia, a exposição “Suaves Brutalidades”, de Henrique Montagne Figueira, tinha um vernissage virtual…
Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

O Ministério Público Federal (MPF) decidiu na terça-feira (11) solicitar a órgãos públicos a tomada de medidas para evitar que…