Correio de Carajás

ANP lança aplicativo para acompanhar preços praticados nos postos

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

 A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) lança no próximo dia 1º de janeiro o aplicativo ANP no posto, que estará disponível para baixar gratuitamente nas lojas Play Store e App Store.

O aplicativo será lançado em caráter experimental. A ferramenta possibilitará aos consumidores acesso aos postos próximos de sua localização, bem como aos preços praticados e às informações de qualidade disponíveis.

Segundo informou hoje (20) a ANP, por meio de sua assessoria de imprensa, o aplicativo terá atualização semanal logo após o lançamento. Já a partir do dia 20 de janeiro, a atualização passará a ser diária.

Leia mais:

Inicialmente, o aplicativo mostrará somente os dados de Goiás, referentes aos preços praticados pelos postos revendedores, que serão disponibilizados pela Secretaria de Fazenda do estado. A ideia da ANP é que as demais unidades da Federação possam aderir ao aplicativo gradativamente, uma vez que a ferramenta foi desenvolvida para atender a todo o país.

Segundo a ANP, o novo instrumento reforça a proposta da agência de dar mais transparência aos preços e à qualidade praticados no mercado, de modo que o consumidor tenha maior poder de escolha na hora de abastecer seu veículo.

A ANP lembrou, entretanto, que os preços dos combustíveis são livres, por lei, em todas as etapas da cadeia, que são produção, distribuição e revenda. “Quando a ANP recebe denúncias de preços abusivos ou indícios de cartel, faz estudos de concentração econômica e também ações de campo para constatar se os preços são, de fato, abusivos. Caso constate indícios de concentração econômica, a agência informa ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão que tem a atribuição legal de investigar e punir esse tipo de irregularidade, para abertura de processo”, explicou a assessoria. Comprovada a prática de preços abusivos, a ANP atua então em conjunto com os Procons estaduais para penalizar os infratores. (Agência Brasil)

Comentários

Mais

Traficante passa na casa dos pais antes de ir preso

Traficante passa na casa dos pais antes de ir preso

Na noite desta quinta-feira (8), a Polícia Militar prendeu Wellington Silva Ribeiro por tráfico de drogas durante ronda no Bairro…
Banco Mundial destina U$ 2 bi para vacinas a países em desenvolvimento

Banco Mundial destina U$ 2 bi para vacinas a países em desenvolvimento

O Banco Mundial vai destinar 2 bilhões de dólares em financiamento para a compra, o desenvolvimento e a fabricação de…
Vereadores validam Parauapebas em consórcio por vacinas

Vereadores validam Parauapebas em consórcio por vacinas

Em Sessão Extraordinária realizada na manhã desta terça-feira (16) os vereadores de Parauapebas ratificaram o protocolo de intenções firmado pelo…
Corpo esfaqueado é encontrado em terreno baldio de Marabá

Corpo esfaqueado é encontrado em terreno baldio de Marabá

A Polícia Civil investiga o assassinato de Gelson Lopes da Conceição, de 25 anos, cujo corpo foi encontrado em um…

Ronda Política 12/01/2021

> Como já era esperado, o prefeito Tião Miranda saiu um pouco dos holofotes logo após tomar posse para mais…
Trânsito

Trânsito

Comerciantes da Marabá Pioneira comemoravam ontem a volta da presença de agentes de trânsito do DMTU na Avenida Antônio Maia,…