Correio de Carajás

Alunos de Parauapebas retornaram hoje às aulas

Começaram hoje, terça-feira (1º), as aulas em todas as escolas da rede municipal de ensino de Parauapebas, incluindo zona urbana, rural e aldeia indígena Xikrin do Cateté. No total, 49.037 estão matriculados na rede municipal de ensino em 2017, sendo 46.053 na zona urbana, 1.793 na zona rural e 2.984 na comunidade indígena Xikrin.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Raimundo Oliveira Neto, toda estrutura para a volta à escola neste segundo semestre já está funcionando, incluindo merenda e transporte escolar. Ele observa que nessa primeira semana a presença não deve ser de 100% porque alguns alunos ainda não retornaram à cidade. A frequência só deve ser total a partir da próxima segunda-feira.

Quanto aos números de evasão escolar, o secretário pontua que esses dados serão fechados no final do ano, mas no geral o índice maior é na Educação de Jovens e Adultos (EJA) porque boa parte dos alunos já trabalha e, muitas vezes, acaba não conseguindo conciliar trabalho e escola.

Leia mais:

O secretário destaca que as escolas do município até agora estão seguindo o cronograma do calendário escolar de 2017. Isso está sendo possível porque não houve nenhuma paralisação da classe, a não ser a que segue as a pauta nacional, mas que é de apenas um dia.

A previsão, se não houver nenhum imprevisto, é que a aulas encerrem no início de dezembro para os alunos que não ficarem de recuperação.  Com a volta às aulas, também voltam a ser realizadas as operações da Guarda Municipal, com o objetivo de garantir a segurança nas escolas. Esse trabalho já reduziu o índice de violência nos estabelecimentos de ensino de Parauapebas. (Tina Santos)

Começaram hoje, terça-feira (1º), as aulas em todas as escolas da rede municipal de ensino de Parauapebas, incluindo zona urbana, rural e aldeia indígena Xikrin do Cateté. No total, 49.037 estão matriculados na rede municipal de ensino em 2017, sendo 46.053 na zona urbana, 1.793 na zona rural e 2.984 na comunidade indígena Xikrin.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Raimundo Oliveira Neto, toda estrutura para a volta à escola neste segundo semestre já está funcionando, incluindo merenda e transporte escolar. Ele observa que nessa primeira semana a presença não deve ser de 100% porque alguns alunos ainda não retornaram à cidade. A frequência só deve ser total a partir da próxima segunda-feira.

Quanto aos números de evasão escolar, o secretário pontua que esses dados serão fechados no final do ano, mas no geral o índice maior é na Educação de Jovens e Adultos (EJA) porque boa parte dos alunos já trabalha e, muitas vezes, acaba não conseguindo conciliar trabalho e escola.

O secretário destaca que as escolas do município até agora estão seguindo o cronograma do calendário escolar de 2017. Isso está sendo possível porque não houve nenhuma paralisação da classe, a não ser a que segue as a pauta nacional, mas que é de apenas um dia.

A previsão, se não houver nenhum imprevisto, é que a aulas encerrem no início de dezembro para os alunos que não ficarem de recuperação.  Com a volta às aulas, também voltam a ser realizadas as operações da Guarda Municipal, com o objetivo de garantir a segurança nas escolas. Esse trabalho já reduziu o índice de violência nos estabelecimentos de ensino de Parauapebas. (Tina Santos)

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.