Correio de Carajás

Alok visita projeto, no Pará, que salva animais silvestres

Alok e arara azul durante visita a zoológico em Santarém, no Pará — Foto: Tracy Costa/G1

PRESERVAÇÃO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

DJ conheceu a estrutura do ZooUnama em Santarém e deu um recado aos seguidores no Instagram

Conscientização. Essa foi a mensagem que o DJ Alok – reconhecido internacionalmente na música eletrônica – passou para os seus seguidores no Instagram, após uma visita ao ZooUnama, na tarde desta quarta-feira (28), em Santarém – sudoeste do estado. Ele pousou no município a convite de Janguiê Diniz, amigo e fundador do Grupo Ser Educacional, responsável pela administração do zoológico.

O convite para conhecer o espaço veio com o objetivo de uma possível parceria entre o Instituto Alok, projeto social que fomenta o empreendedorismo jovem, e o “Êxito de Empreendedorismo”, que oferta cursos online gratuitos, trabalho voltado aos jovens de escolas públicas que têm objetivo de empreender na vida e nos negócios.

Artista conheceu animais que moram no Zoológico — Foto: Tracy Costa/G1

O DJ ficou encantado com as mais de 300 espécies do Projeto, identificadas entre aves, mamíferos e répteis. O Instituto desenvolve trabalhos agregados à iniciação científica, reabilitação de animais e educação ambiental.

Leia mais:

No coração da Amazônia, o Zoo Unama atua acolhendo animais resgatados pelo IBAMA e entidades competentes e usa todos seus esforços para reabilitar e devolvê-los para a natureza. O ideal seria que o trabalho dos especialistas do Zoo Unama fosse direcionado para pesquisas científicas, sem a necessidade deste esforço infinito de cura e recolocação no habitat natural”, comenta Alok em seu Instagram.

Até o momento, já foram resgatados 4.691 animais, desde 2007. Atualmente, o zoológico cuida de 226 animais entre aves, répteis e mamíferos.

O que mais chamou a atenção de Alok foi o Projeto “Peixe-Boi”, que desenvolve um trabalho de preservação da espécie na região oeste do Pará, por meio da reintrodução de filhotes órfãos à natureza.

Alok esteve no Zoo nesta quarta (28) e se encantou pelo projeto ‘Peixe-Boi’ — Foto: Ascom Unama/Divulgação

Desde 2008 o zoológico já salvou mais de 100 mamíferos feridos na região amazônica. Todos os animais mantidos pelo projeto recebem um tratamento especial e ficam em piscinas artificiais adequadas ao tratamento de reabilitação, além de receberem acompanhamento 24h de profissionais altamente qualificados entre biólogos, veterinários e tratadores de animais.

Em Santarém, o projeto também conta com o apoio de uma segunda base localizada na comunidade Igarapé do Costa, relacionada ao estágio final da reintrodução dos animais.

Peixe-Boi sendo devolvido a natureza em base-flutuante no Rio Amazonas, em Santarém — Foto: ZooUnama/Divulgação

A base é composta por piscinas naturais, feitas diretamente nos afluentes do Rio Amazonas e com uma estrutura totalmente adaptável para dar ao animal melhores condições para reabilitação.

“Enquanto muitos não entenderem o valor da propriedade genética da nossa bio diversidade, seguirão maltratando os animais e colocando em risco toda a riqueza de nossa fauna. Ajude a combater o tráfico de animais”, pede o DJ pelo Instagram. (Zeus Bandeira – Com informações do G1 Pará)

Mais

Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

As transações por cartões (crédito e débito) registraram um aumento de 17,3% nos valores movimentados no primeiro trimestre deste ano…
Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Circulou nas redes sociais na manhã desta terça-feira (11) a foto de um caixão aberto, que possivelmente seria no Cemitério…
Servidores da Educação iniciam greve em frente à Semed

Servidores da Educação iniciam greve em frente à Semed

Servidores públicos tomaram a frente da Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Marabá na manhã desta terça-feira (11) após a…
Anvisa orienta suspensão de vacina da AstraZeneca para grávidas

Anvisa orienta suspensão de vacina da AstraZeneca para grávidas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a suspensão imediata do uso da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca/Fiocruz…
Mais de 38 mil pessoas já participaram de contações de história durante a pandemia

Mais de 38 mil pessoas já participaram de contações de história durante a pandemia

A pandemia da covid-19 consolidou a internet como principal plataforma de entretenimento no Brasil. A rede está repleta de programações…
Operação fiscaliza bares e restaurantes em Marabá

Operação fiscaliza bares e restaurantes em Marabá

As forças de segurança seguem fiscalizando o cumprimento do Decreto Municipal nº 184/2021, que permite a reabertura de bares no…