Correio de Carajás

Agressores descumprem medidas protetivas e um até reincide na violência

Adevaldo invadiu a casa da vítima e Gabriel do Rêgo chegou a agredir a ex-companheira

Dois agressores foram presos por descumprirem medidas protetivas de urgência ontem (quinta-feira, 28) em Marabá. Em ambas as situações, as vítimas possuíam ordem judicial em desfavor de seus ex-companheiros, que os proibia de se aproximar delas. No entanto, os indivíduos descumpriram a ordem judicial, procuraram suas ex-companheiras, iniciaram discussão, as ameaçaram e um deles chegou a agredir a vítima.

A primeira ocorrência foi feita por volta das 17h, quando a Polícia Militar foi acionada através do Núcleo Integrado de Operações (NIOP-190) acerca do descumprimento de medida protetiva no Residencial Magalhães II.

Na ocasião, Adevaldo Lima Lisboa, que já havia agredido a ex-companheira em junho deste ano e por isso, recebeu a medida cautelar, invadiu a casa da vítima e foi flagrado pela guarnição saindo pelo portão visivelmente embriagado.

Leia mais:

A segunda situação foi informada horas mais tarde à PM. Gabriel do Rego Lima, além de descumprir a medida cautelar, chegou a agredir novamente a vítima. A mulher, que chegou a discutir com a mãe do agressor diante a circunstância, apresentava marcas dos dedos de Gabriel em seu pescoço.

Os dois homens foram encaminhados à delegacia de polícia e se encontram presos à disposição da Justiça. (Thays Araujo)

Comentários