Correio de Carajás

Adolescentes em situação de exploração sexual são resgatadas em operação policial

Operação visitou bares e boates de Altamira — Foto: Divulgação/Ascom PRF

Durante a operação de combate a crimes contra direitos humanos foram verificadas situações que ofereciam riscos a crianças e adolescentes na região.Um suspeito foi preso.

Seis adolescentes foram resgatadas e uma pessoa foi presa durante uma operação de combate a crimes contra direitos humanos deflagrada na quarta-feira (27) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em parceria com a Defensoria Pública da União (DPU), Conselho Tutelar e Guarda Municipal, no município de Altamira, sudoeste do Pará.

As fiscalizações ocorreram em bares, casas noturnas e boates, locais denunciados para o Conselho Tutelar de Altamira como ambientes que ofereciam riscos a crianças e adolescentes.

Em um dos locais visitados, uma adolescente de 16 anos foi resgatada sob a suspeita de exploração sexual infantil. Durante a ação, as equipes apreenderam um caderno de registros que comprovava que a adolescente era explorada sexualmente no local.

Leia mais:

A dona do estabelecimento foi presa pelo favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável, e foi encaminhada a Seccional Urbana de Altamira (PA). A adolescente foi atendida pelo Conselho Tutelar e posteriormente a uma casa de acolhimento.

Uma equipe da PRF também esteve presente em um bar rural na localidade Gleba Assuriní, que fica a 50 minutos de Altamira (PA), para verificar uma denúncia de trabalho infantil e exploração sexual de uma menina de 13 anos.

A adolescente foi resgatada na residência onde residia e levada até Altamira (PA) para que fossem realizados exames na Unidade de Pronto Atendimento do município. Em seguida foi levada para uma casa de acolhimento. O proprietário do estabelecimento denunciado não foi encontrado.

Outras quatro adolescentes de 14 a 17 anos foram resgatadas em locais de venda de bebida alcoólica, onde a presença de menores de idade é proibida. Durante as abordagens, as adolescentes estavam desacompanhadas dos pais ou responsáveis e sem qualquer documento de identificação em mãos.

Diante dos flagrantes, o Conselho Tutelar notificou os donos desses estabelecimentos pela infração administrativa capitulada no ECA, art. 258 que diz: “deixar o responsável pelo estabelecimento ou o empresário de observar o que dispõe esta Lei sobre o acesso de criança ou adolescente aos locais de diversão, ou sobre sua participação no espetáculo, sob pena de multa de três a vinte salários de referência. Em caso de reincidência, a autoridade judiciária poderá determinar o fechamento dos estabelecimentos por até quinze dias”.

Os pais e responsáveis das adolescentes foram notificados para comparecer ao Conselho Tutelar de Altamira-PA para dar maiores explicações sobre a presença das meninas nos locais em que suas entradas são proibidas por força de Lei.

Durante a operação, também foram fiscalizados veículos de transporte de passageiros para prevenir e combater o transporte de crianças e adolescentes que estivessem fora do Estatuto da Criança e do Adolescente.

A operação ainda verificou suposta violação à liberdade e aos direitos individuais, além de possíveis condições análogas à escravidão em cinco propriedades, onde foi realizado trabalho preventivo em parceria com auditores fiscais do trabalho do Ministério da Economia, Ministério Púbico do Trabalho e Defensoria Pública da União.

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Suspeito de tráfico puxa arma contra a PM e morre

Suspeito de tráfico puxa arma contra a PM e morre

Gustavo Santos Barros, o Guga, morreu na manhã desta sexta-feira (1º) durante intervenção policial registrada em Parauapebas. Conforme informações registradas…
“Índio” vai preso após tocar o terror na Vila Pau Seco

“Índio” vai preso após tocar o terror na Vila Pau Seco

Na tarde de quinta-feira, 30, uma guarnição de Polícia Militar lotada no bairro Morada Nova, prendeu Ademar Andrade Gomes, conhecido…
Motorista de aplicativo é executado após receber áudio

Motorista de aplicativo é executado após receber áudio

O motorista de aplicativo Kenede Anderson da Silva Campos foi executado a tiros na noite desta quinta-feira (30), em Parauapebas,…
Picape que atropelou Wandalla Keline já está em posse da polícia

Picape que atropelou Wandalla Keline já está em posse da polícia

O carro que atropelou Wandalla Keline Carvalho de Matos foi entregue para a Polícia Civil de Marabá na tarde de…
Desafeto entre vizinhas termina com uma morta em bar

Desafeto entre vizinhas termina com uma morta em bar

Forças policiais de Parauapebas tentam localizar Delzila de Sousa, de 38 anos, e o companheiro dela, identificado até o momento…
Homem é pego com seis petecas de crack na Vila do Rato

Homem é pego com seis petecas de crack na Vila do Rato

Um homem identificado como Antoniel Pinheiro da Cruz foi preso pela Companhia Independente de Missões Especiais (CIME) na noite de…