Correio de Carajás

Adolescente baleado em tentativa de assalto tem morte encefálica

Uma dupla de assaltantes levou a pior durante uma tentativa de assalto no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, na noite de ontem, terça-feira (11). A vítima reagiu e outra pessoa, ao ver a cena, atirou em um dos acusados.

O outro foi agarrado por populares, que o seguraram até a chegada de uma guarnição da Polícia Militar. A tentativa de assalto aconteceu por vota de 23h30.

Os responsáveis pela tentativa de assalto estavam em uma motocicleta NXR 150 Bros, de cor amarela, roubada em Parauapebas. Com eles foi apreendido um simulacro de arma de fogo. O suspeito baleado é um adolescente de 16 anos, completados hoje (12).

Leia mais:

Ele foi alvejado na cabeça e socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Municipal de Parauapebas. Hoje pela manhã os médicos declaram a morte encefálica dele.

O outro, identificado como Marivaldo Campos Cutrin, de 19 anos, foi apresentado na 20º Seccional de Polícia Civil, para os devidos procedimentos. (Tina Santos com informações de Ronaldo Modesto) 

Uma dupla de assaltantes levou a pior durante uma tentativa de assalto no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, na noite de ontem, terça-feira (11). A vítima reagiu e outra pessoa, ao ver a cena, atirou em um dos acusados.

O outro foi agarrado por populares, que o seguraram até a chegada de uma guarnição da Polícia Militar. A tentativa de assalto aconteceu por vota de 23h30.

Os responsáveis pela tentativa de assalto estavam em uma motocicleta NXR 150 Bros, de cor amarela, roubada em Parauapebas. Com eles foi apreendido um simulacro de arma de fogo. O suspeito baleado é um adolescente de 16 anos, completados hoje (12).

Ele foi alvejado na cabeça e socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Municipal de Parauapebas. Hoje pela manhã os médicos declaram a morte encefálica dele.

O outro, identificado como Marivaldo Campos Cutrin, de 19 anos, foi apresentado na 20º Seccional de Polícia Civil, para os devidos procedimentos. (Tina Santos com informações de Ronaldo Modesto) 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.