Correio de Carajás

Acusada de tráfico cai com 5 petecas e moto

Gleisiane Mulato já vinha sendo investigada pela polícia e acabou caindo no último sábado/ Fotos: Divulgação

INDEPENDÊNCIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A placa da moto já estava no radar dos policiais, mas eles ainda não conheciam quem era a suspeita. Conversa vai, conversa vem, ela acabou se entregando.

No sábado (17), uma guarnição pertencente ao 34º Batalhão de Polícia Militar (BPM), no Núcleo Cidade Nova (Marabá), conseguiu prender Gleisiane Mulato de Oliveira, em flagrante por tráfico de drogas. Além disso, uma motocicleta sem documentação também foi apresentada para a Polícia Civil.

Em rondas pelo Bairro Independência, a guarnição avistou na Avenida 31 de Março, em frente a uma residência, uma motocicleta Biz, de cor preta. Pela placa do veículo (JUA-6215), os policiais identificaram a proprietária, que já vinha sendo monitorada sob suspeita de traficar drogas no local.

Ao chamar a proprietária da moto, em frente à casa, Gleisiane Mulato, se apresentou aos PMs. Eles ainda não sabiam que ela era o alvo, mas apresentava as mesmas características repassadas como sendo a traficante da área.

Leia mais:

Diante disso, eles perguntaram se ele estava com drogas, ao que Gleisiane negou. Então, os militares disseram que seria solicitada a presença de uma policial militar feminina para fazer a revista pessoal em Gleisiane. Nessa hora, ela retirou do sutiã cinco petecas de substâncias tipo crack, além de informar que a moto não tinha documento, sendo adquirida através da troca de um celular.

Material apreendido pela polícia fez a acusada permanecer em silêncio

A situação flagrancial fez com que os PMs solicitassem o apoio de outra viatura, na condução da suspeita e da moto até a sua residência, para pegar documentos para apresentação na 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

Chegando ao local indicado por Gleisiane, foi solicitada autorização filmada com testemunha para entrar na residência dela. Após busca, foi encontrada uma balança de precisão, uma tesoura, um tubo de linha, sacolas, uma quantia de R$ 430 em notas pequenas, um relógio de pulso dourado e joias. Indagada sobre o motivo pela qual tinha esses objetos em sua residência, a acusada permaneceu calada. E assim (calada) ela foi apresentada na Polícia Civil. (Chagas Filho)

Mais

Tentativa de furto de dormentes é frustrada na ferrovia

Tentativa de furto de dormentes é frustrada na ferrovia

Nesta segunda feira (10), às 11horas, foi frustrada uma tentativa de furto de dormentes de aço dos trilhos da Estrada…
Homem morre eletrocutado ao tentar fazer ligação em poste

Homem morre eletrocutado ao tentar fazer ligação em poste

O Corpo de Bombeiros de Redenção resgatou nesta segunda-feira (10) o corpo de um homem que foi eletrocutado e ficou…
Motorista embriagado é flagrado pela PRF na BR-222

Motorista embriagado é flagrado pela PRF na BR-222

Um homem foi detido pela Polícia Rodoviária Federal na tarde de domingo (9) ao conduzir uma motocicleta visivelmente embriagado, na…
Briga entre mulheres termina com uma esfaqueada

Briga entre mulheres termina com uma esfaqueada

Uma confusão na Vila Brejo do Meio, zona rural de Marabá, terminou com uma mulher esfaqueada e outra presa na…
Homem é assassinado no Residencial Magalhães

Homem é assassinado no Residencial Magalhães

Permanecia sem identificação até ontem (10), na câmara fria do Instituto Médico Legal (IML), o corpo de um homem que…
Parauapebas supera Marabá em criminalidade

Parauapebas supera Marabá em criminalidade

Dados recentemente cedidos pela Diretoria de Informática, Manutenção e Estatística da Polícia Civil do Estado do Pará ao Correio de…