Correio de Carajás

Abner Teixeira vence e garante primeira medalha do boxe em Tóquio

Abner Teixeira vai à semi no boxe e garante medalha nas Olimpíadas de Tóquio — Foto: Buda Mendes/Getty Images

OLIMPÍADA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Brasileiro mostra força, vence Hussein Iashaish, da Jordânia, e vai à semifinal nas Olimpíadas

O Brasil já garantiu uma medalha no boxe nas Olimpíadas de Tóquio. Nesta sexta-feira, Abner Teixeira venceu Hussein Iashaish, da Jordânia, e se classificou para as semifinais na categoria pesada, entre 81 e 91kgs por decisão dividida. Com o resultado, já tem ao menos o bronze olímpico em mãos. O brasileiro luta de novo na próxima terça, contra o vencedor do duelo entre o cubano Julio la Cruz e o espanhol Enmanuel Reyes.

Nascido em Osasco, Abner se mudou cedo para Sorocaba, no interior de São Paulo, onde conheceu o projeto social “Boxe – Mãos para o Futuro”, do professor Vladimir Godoi. Foi lá que descobriu a paixão pelo esporte.

Abner é bicampeão brasileiro juvenil e de elite. Hoje, é uma das referências no boxe nacional na categoria acima de 91kg. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019, Abner conquistou a medalha de bronze.

Leia mais:

Abner Teixeira celebra a medalha garantida no boxe — Foto: Ueslei Marcelino - Pool/Getty Images
Abner Teixeira celebra a medalha garantida no boxe — Foto: Ueslei Marcelino – Pool/Getty Images

No primeiro round da luta, Abner viu o rival ir para cima desde o início da luta. Ao tentar se defender, encaixou poucos golpes. Também pareceu sentir a torcida contra da barulhenta delegação da Jordânia. Aos poucos, porém, equilibrou o duelo e saiu derrotado por apenas um ponto.

No segundo round, Abner se mostrou firme. O rival parecia um pouco mais cansado àquela altura, mas ainda causava perigo. Na reta final do período, o brasileiro conseguiu uma sequência de cruzados. Foi o suficiente para levar a melhor na decisão dividida.

Mais inteiro na luta, Abner seguiu o mesmo ritmo. Enquanto o rival tinha problemas para encaixar os golpes, o brasileiro tinha mais facilidade para acertar alguns cruzados. No fim, ainda acertou o supercílio do rival, que sangrou. A vitória estava garantida.

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Revitalização do Ginásio Renato Veloso avança

Revitalização do Ginásio Renato Veloso avança

A obra de revitalização do Ginásio de Esportes “Renato Veloso”, localizado na Folha 16, na Nova Marabá, iniciou em agosto…
Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

No jogo entre os Leões Azul e da Ilha, melhor para o representante do Pará. Nesta quinta-feira (16), o Remo…
Flamengo e Grêmio duelam em busca de vaga na semifinal

Flamengo e Grêmio duelam em busca de vaga na semifinal

Em meio a uma polêmica sobre a presença de público nas arquibancadas do Maracanã, Flamengo e Grêmio se enfrentam nesta…
Gabriel Medina é tricampeão mundial de surfe nos Estados Unidos

Gabriel Medina é tricampeão mundial de surfe nos Estados Unidos

O brasileiro Gabriel Medina conquistou o Campeonato Mundial de Surfe pela terceira vez. A praia de Trestles, na Califórnia, foi tomada pela torcida…
Campanha por respeito à ciclofaixa ganha adesão

Campanha por respeito à ciclofaixa ganha adesão

Na manhã de sábado (11), em comemoração ao Dia do Ciclista, centenas de ciclistas se reuniram na campanha “Ciclofaixa é…
David Luiz é apresentado oficialmente pelo Flamengo

David Luiz é apresentado oficialmente pelo Flamengo

O zagueiro David Luiz foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira (13) como novo reforço do Flamengo. O jogador de 34 anos…