Correio de Carajás

18 iniciativas de negócios sociais no sul e sudeste do Pará alcançam 55 mil pessoas

Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Depois de meses de capacitação e muito trabalho, o grupo de 14 mulheres, recém estabelecido como empreendedoras sociais viram o ateliê Chita Chic pronto. A pandemia da Covid-19 fez grupo redirecionar suas atividades. De março a junho elas produziram mais de 5 mil máscaras de tecido para serem doadas às comunidades de Marabá e outros municípios da região e até para outros estados.

Para a Gilmara Neves, administradora do ateliê, foi um momento difícil. “A pandemia veio como um balde água fria. Já tínhamos tudo planejado, mas não teríamos como executar o nosso planejamento de vendas. Sentimos necessidade de fazer algo para a comunidade. Foi aí que nós começamos a fazer as máscaras. Nós usamos insumos que tínhamos aqui, mas recebemos também doações de tecido e elástico”, comemora.

O trabalho desenvolvido com o grupo do ateliê Chita Chic, de Marabá, é resultado do Programa Empreendedorismo Social Comunitário (PESC), iniciativa da Fundação Vale que, ano passado, apoiou sete negócios no município, envolvendo 50 empreendedores locais.

Leia mais:

“Para nós, o PESC representou mudança, transformação. Nós temos mulheres que nunca tinham gerado renda, temos mulheres que estavam há muito tempo fora do mercado de trabalho e aquelas que tiveram a oportunidade de, pela primeira vez, aprender um ofício e gerar sua renda. Isso é extraordinário. E ver como nós tivemos impacto positivo na nossa comunidade, com a doação das máscaras é muito gratificante”, comemora Gilmara.

Em 2019, a Fundação Vale desenvolveu 18 iniciativas no Pará, alcançando mais de 55 pessoas nos municípios de Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Marabá, Parauapebas e Tucumã. Os resultados dessas ações estão no Relatório de Atividades 2019, disponível aqui.

Atuação

As iniciativas da Fundação Vale contaram com investimento de R$ 50,9 milhões e chegaram a 68 municípios no ano passado, atingindo 770 mil pessoas, em cidades do Pará, Maranhão, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, muitas delas localizadas no interior dos estados.

Na frente de educação, foram mais de 390 ações em unidades educacionais, 940 participações de profissionais em formações e 77.200 estudantes beneficiados em iniciativas realizadas pela Fundação Vale em 21 municípios. Os projetos de geração de trabalho e renda alavancaram mais de mil negócios sociais e apoiaram cerca de 700 empreendedores. Também sob a gestão da Fundação Vale, cinco Estações Conhecimento atenderam mais de 4.500 pessoas enquanto os museus e centros culturais receberam mais de 500 mil visitações.

Além dos resultados, o Relatório de Atividades reúne relatos da experiência de professores, estudantes, empreendedores sociais e parceiros da Fundação Vale. São histórias de transformação nas vidas de pessoas que participam das iniciativas e representam o legado da Fundação nas comunidades onde atua.

Enfrentamento à pandemia e atuação territorial

A atuação articulada com os governos e o diálogo permanente com comunidades e parceiros permitiram, já em 2020, a injeção de R$ 6 milhões em projetos voltados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19. Um exemplo foi o redirecionamento e a ampliação do Ciclo Saúde, voltado para o fortalecimento da Atenção Básica. As ações nos 32 municípios onde o programa está presente estão voltadas para a pandemia: 280 unidades básicas de saúde estão recebendo apoio na área de gestão, sendo que 135 receberão também equipamentos e insumos com este foco. Em 2019, o Ciclo Saúde capacitou 1.670 profissionais e ampliou o serviço em 44 unidades básicas de saúde, atingindo 150 mil pessoas.

Sobre a Fundação Vale

Há 52 anos a Fundação Vale apoia e fortalece políticas públicas de educação e saúde, e fomenta negócios sociais nos territórios de atuação da Vale. A partir do diálogo e da imersão nos territórios, desenvolve e executa projetos sociais voluntários que visam à melhoria da qualidade de vida e fortalecem o acesso das comunidades aos seus direitos e serviços públicos essenciais. (Ascom Mineradora Vale)

Comentários

Mais

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

Em recomendações conjuntas, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) requisitaram uma série…
A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

Artes, maquiagens, receitas, discussões político-sociais, tutoriais, dicas, gatos…. tem um pouco de muito no perfil de Amanda Gil Cardoso de…
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

O salário mínimo em 2022 será de R$ 1.147 e não terá aumento acima da inflação, anunciou o Ministério da…
Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) aumentos de R$ 0,10 (3,7%) no preço do diesel e de R$ 0,05 (1,9%) no…
Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

O programa Linha Verde aderiu à campanha “Abril Laranja”, que possui como objetivo conscientizar a população e prevenir o crime…
Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Para que a proteção à Covid-19 proporcionada pelas vacinas funcione como o previsto é necessário tomar as duas doses, tanto…