Correio de Carajás

18 de maio: Dia nacional de combate ao abuso e exploração de crianças e adolescentes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
2 Visualizações

No dia 18 de maio de 1973 uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no estado do Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem com frequência.

#ANUNCIO

Leia mais:

O Pará apresenta índices de abuso sexual infantil alarmantes. O estado é o segundo do país com mais pontos de exploração sexual infantil nas estradas, de acordo com dados divulgados pela PRF recentemente. Isto sem contar os casos que não são revelados, muitas vezes por vergonha ou submissão da vítima e familiares. Outra população que sofre bastante com o problema são os ribeirinhos, estes com dados ainda mais imprecisos.

Diversas programações acontecerão por todo o Brasil para marcar o dia. Mesmo sendo um problema grave no estado, no Pará nenhum evento foi divulgado até o momento.  

Diferença entre Abuso e Exploração Sexual

No Brasil  o “Disque 100”, criado pela Secretaria de Direitos Humanos é um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes. Os dados mostram que, de março de 2003 a março de 2011, o Disque recebeu 52 mil denúncias de violência sexual contra este público, sendo que 80% das vítimas são do sexo feminino.

(Fonte: DOL)

No dia 18 de maio de 1973 uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no estado do Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem com frequência.

#ANUNCIO

O Pará apresenta índices de abuso sexual infantil alarmantes. O estado é o segundo do país com mais pontos de exploração sexual infantil nas estradas, de acordo com dados divulgados pela PRF recentemente. Isto sem contar os casos que não são revelados, muitas vezes por vergonha ou submissão da vítima e familiares. Outra população que sofre bastante com o problema são os ribeirinhos, estes com dados ainda mais imprecisos.

Diversas programações acontecerão por todo o Brasil para marcar o dia. Mesmo sendo um problema grave no estado, no Pará nenhum evento foi divulgado até o momento.  

Diferença entre Abuso e Exploração Sexual

No Brasil  o “Disque 100”, criado pela Secretaria de Direitos Humanos é um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes. Os dados mostram que, de março de 2003 a março de 2011, o Disque recebeu 52 mil denúncias de violência sexual contra este público, sendo que 80% das vítimas são do sexo feminino.

(Fonte: DOL)

Comentários
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mais

Músicos fecham acesso à ponte rodoferroviária com barreira

Músicos fecham acesso à ponte rodoferroviária com barreira

Conforme prometido previamente, a categoria dos músicos da noite de Marabá, que estão sem poder trabalhar há várias semanas, em…
Pará se destaca na Amazônia em transparência de dados ambientais

Pará se destaca na Amazônia em transparência de dados ambientais

O relatório “Transparência das informações ambientais na Amazônia Legal: o acesso à informação e a disponibilização de dados públicos”, lançado…
MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes

MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes

O Ministério da Educação (MEC) vai abrir, nos dias 3 e 4 de maio, as inscrições para as bolsas remanescentes…
Casa da Cultura de Canaã celebra o Mês do Índio

Casa da Cultura de Canaã celebra o Mês do Índio

A cultura paraense é marcada por forte influência indígena. A contribuição do povo mais antigo no solo brasileiro pode ser…
Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS

Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS

Confusão e negligência no combate à Covid-19 fazem com que a pandemia esteja longe de terminar, mas a situação pode…
MST programa ações em torno dos 25 anos do Massacre de Eldorado

MST programa ações em torno dos 25 anos do Massacre de Eldorado

Entre os dias 10 e 21 de abril, o Movimento Sem Terra (MST) tem ações afirmativas programadas em torno da…