Correio de Carajás

Três municípios fecham praias do Rio Araguaia, no sul do Pará

Acesso à Praia das Gaivotas, em Conceição do Araguaia, está proibido
Acesso à Praia das Gaivotas, em Conceição do Araguaia, está proibido
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A chegada do veraneio tende a propiciar maior circulação de pessoas nas cidades da região sul do Estado, acarretando aglomerações, o que poderia acelerar a disseminação da covid-19. Visando prevenir a proliferação do vírus, os municípios de Conceição do Araguaia, Santa Maria das Barreiras e Xinguara, que têm os principais balneários do Rio Araguaia na região, interditaram suas praias e ilhas, além da proibição de acampamentos e passeios aquáticos por tempo indeterminado.

Conceição do Araguaia, na divisa com o Estado do Tocantins, foi o primeiro município na região a estabelecer a proibição do tráfego de veículos no Rio Araguaia, salvo profissionais da pesca, ribeirinhos ou quem estiver se deslocando a trabalho ou tratamento de saúde, conforme o Decreto nº 0171/2021, de 8 de março. Desde o início de junho foram instaladas barricadas e placas alertando sobre a interdição das praias e proibição de acampamentos nos rios Araguaia e Arraias. Quem desrespeitar estará sujeito a multa, que varia de R$ 150,00 a R$ 1.500,00, além de retenção da embarcação.

Em Santa Maria das Barreiras, conforme o Decreto nº 295/21, de 10 de junho, está proibida a circulação e instalação de acampamentos nas praias, igarapés, balneários, clubes e similares, bem como nas ilhas, nos lagos, nos balneários, rios, córregos e afluentes da bacia fluvial, além da proibição da travessia pela balsa no trajeto entre o município e o Estado do Tocantins e circulação de quaisquer veículos aquáticos, salvo pescadores profissionais, ribeirinhos ou quem tiver autorização prévia da Vigilância Sanitária.

Leia mais:
Temporada de veraneio foi suspensa em Santa Maria das Barreiras, onde há várias praias
Temporada de veraneio foi suspensa em Santa Maria das Barreiras, onde há várias praias

A Prefeitura de Xinguara emitiu, na última segunda-feira, 14, o Decreto nº 461/2021, que suspende o veraneio na Praia do Pontão e faz proibição de acampamentos nas ilhas, igarapés, balneários, praias públicas, áreas formadas pelos bancos de areia e às margens do Rio Araguaia. O texto também veta a circulação de pessoas nas praias, práticas de esportes coletivos, eventos ou manifestações; instalação de bares, restaurantes e afins em balneários do município.

Além da interdição das praias, ilhas, proibição de acampamentos e circulação de embarcações no Rio Araguaia, assim como aconteceu em 2020, foram instaladas barreiras sanitárias nas rodovias que dão acesso aos municípios da região. Floresta do Araguaia e Santana do Araguaia, que têm praias mais afastadas da área urbana, também planejam proibir acampamentos e a circulação nas praias e ilhas. Conforme as autoridades, o objetivo é conter as aglomerações nos municípios, que durante o período de veraneio – de junho a setembro – recebem visitantes de diversas regiões do Brasil e do exterior, atraídos pelas belezas naturais do Rio Araguaia. (Delmiro Silva)

Comentários

Mais

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Dentre os manifestantes que acamparam em frente à Prefeitura de Parauapebas de terça (3) para quarta (4) estavam moradores do…
Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

O prefeito de Parauapebas Darci Lermen não se reuniu com os manifestantes que ocupam o prédio do Executivo e correu…
Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

A manifestação iniciada na terça-feira (3) em frente à Prefeitura de Parauapebas não esmoreceu e continua ainda na tarde desta…
Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

O Pará entrou nesta quarta-feira, 4, na lista de estados que aderiram à campanha Race to Zero (Corrida para o…
Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

A primeira escola cívico-militar do sul do Pará foi inaugurada em Redenção, nesta terça-feira (3). Denominada Escola Municipal Cívico-Militar Eva…
Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

A terça-feira (3) foi marcada por manifestações em Parauapebas, em que associações de diferentes bairros mandaram representantes para a porta…