Correio de Carajás

Ver-O-Peso: mercado é a maior feira a céu aberto da América Latina

O mercado do Ver-o-Peso completa 397 anos nesta quarta-feira (27). O que hoje é um complexo que chama atenção de visitantes do mundo inteiro por ser a maior feira a céu aberto da América Latina, começou na Belle Epóque, auge da economia da borracha na Amazônia.

O Mercado de Ferro, o Mercado de Carne, que integram o complexo arquitetônico, revelam a estética da época. Paralelepípedos e trilhos de trem ainda podem ser visto, identificando que há 100 anos, o Ver-o-Peso já era um grande centro comercial urbano, diz o historiador, Marcio Neco.

Em 1977, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) reconheceu o Ver-o-Peso como grande conjunto arquitetônico e paisagístico, se tornando um dos pontos turísticos mais famosos e reconhecidos do Brasil, como também da América Latina.

Leia mais:

Cartões postais

 

Mercado de ferro e doca do Ver-o-Peso, em Belém, em 1902 — Foto: BBC
Mercado de ferro e doca do Ver-o-Peso, em Belém, em 1902 — Foto: BBC

Em uma época que a viagem de Belém até Portugal durava pelo menos 30 dias de navio, o único jeito de se comunicar era através de cartões postais.

O estrangeiro ao chegar na capital paraense comprava um cartão postal para enviar para a família do outro lado do oceano. Até hoje é possível encontrar cartões com imagens do mercado dos séculos XIX e XX espalhados por vários países da Europa.

O Complexo

 

Vista área Belém Ver o peso e cidade velha — Foto: Janaína Arielo/Prefeitura de Belém
Vista área Belém Ver o peso e cidade velha — Foto: Janaína Arielo/Prefeitura de Belém

Atualmente, o Ver-o-Peso abrange um conjunto de estruturas que inclui a Feira do Ver-o-Peso, o Mercado de Ferro (Peixe), o Mercado Bolonha (carne), o Solar da Beira, a Pedra do Peixe e a Feira do Açaí.

O número total de permissionários registrados que trabalha nesses espaços é de 1.498, conforme cadastro da Secretaria Municipal de Economia (Secon), os quais estão distribuídos em 33 setores. Desse total de permissionários, 361 é formado por mulheres.

Reforma do Ver-o-Peso

 

Depois de 22 anos, o complexo do Ver-o-Peso deve receber uma reforma geral, anunciada pela Prefeitura de Belém em fevereiro e iniciada pela Feira do Açaí. O investimento previsto é de R$ 63 milhões.

Comemorações e ações de cidadania

 

As comemorações pelos 397 anos do Ver-o-Peso já iniciaram logo cedo, com bolo e parabéns em frente ao Solar da Beira.

Até às 14 h ocorre a 6° edição dos “Jogos do Ver-o-Peso”. Os competidores dos jogos são divididos em seis equipes, nomeadas em homenagem a frutas regionais, tipicamente encontradas no mercado: Cupuaçu, Açaí, Bacuri, Pupunha, Castanha-do-Pará e Manga. Cerca de 120 pessoas devem participar da gincana.

O grupo “Os Falsos do Carimbó” e a banda da Guarda Municipal de Belém oferecerão repertório nacional e regional para a população no espaço.

Veja serviços que serão oferecidos nesta quarta-feira (27):

  • Vacinação
  • testagem para Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)
  • emissão dos cartões Passe Fácil, primeira e segunda via da carteira de meia-passagem aos estudantes, cartão sênior e para Pessoas com Deficiência (PCD)
  • emissão das guias de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Licença para Localização e Funcionamento (TLPL)
  • parcelamento de débitos e orientações a respeito do Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)
  • cadastramento de pessoas no Programa Federal Minha Casa Minha Vida, realizado pela Secretaria Municipal de Habitação (Sehab).

 

Na Praça do Relógio:

  • emissão de documentos
  • atendimento de saúde
  • vacinação
  • testes para detecção de doenças
  • orientação jurídica
  • serviços de estética
  • apresentações musicais

 

Trânsito

 

Os ônibus que circulam no Ver-o-Peso estão sendo desviados na Av. Presidente Vargas, Conselheiro, Padre Eutiquio, João Diogo e 16 de Novembro.

(Fonte:G1)