Foto: Wikimedia/Coletivo Garapa

Admitir indígena na ABL é admitir 200 línguas diferentes, diz Krenak

O mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL), o escritor, filósofo e ativista Ailton Krenak considera surpreendente a eleição dele para uma instituição que resguarda a língua portuguesa. Krenak será o primeiro indígena a ocupar uma cadeira na ABL. Ele foi eleito na noite de quinta-feira (5), com 23 votos.   “A academia é de …

Admitir indígena na ABL é admitir 200 línguas diferentes, diz Krenak Leia mais »