Correio de Carajás

Sefa apreende 126 celulares e equipamentos eletrônicos no sudeste paraense

Fiscais de receitas estaduais da Coordenação de Controle de Mercadorias em Trânsito do Itinga, da Secretaria da Fazenda do Pará (Sefa), no município de Dom Eliseu, no km 1.481 da rodovia BR 010, apreenderam, na segunda-feira (25), 126 celulares, cinco notebooks e outros equipamentos eletrônicos sem nota fiscal. A carga saiu de São Paulo e do Rio de Janeiro com destino a Belém do Pará. O valor da mercadoria apreendida foi arbitrado em R$ 745.345,66.

“O veículo parou na unidade do Itinga e foram apresentadas várias notas fiscais. A equipe de fiscalização solicitou a pesagem do caminhão e foi encontrada uma diferença de peso de três toneladas, em relação ao informado. Foi então iniciada a conferência física da carga e foram identificadas diversas mercadorias com nota fiscal discriminada como máquina de solda, mas na realidade eram equipamentos eletrônicos: 126 celulares, cinco notebooks, 13 tabletes e sete fones de ouvido sem documentação fiscal. Também foram encontradas 25 caixas com 10 unidades cada de lâmpadas de flúor tubulares e uma caixa com equipamentos e ferramentas elétricos importadas da China”, relatou o coordenador da unidade da Sefa no Itinga, Gustavo Bozola.

Foram lavrados quatro Termos de Apreensão e Depósito (TAD), no valor total de R$ 255.502,13, e foi oficiado à Receita Federal do Brasil em Belém comunicando a apreensão dos importados.

Leia mais:

Apreensão no Baixo Amazona

Durante operação de fiscalização na cidade de Óbidos-PA, a equipe de fiscais da unidade de controle de mercadorias em trânsito do Tapajós, no Baixo Amazonas, abordou uma embarcação oriunda de Manaus-AM e apreendeu, também, na segunda-feira (25), 32 pneus de automóveis e 118 pneus de motocicletas.

As mercadorias estavam desacompanhadas de documentos fiscais e foram avaliadas em R$ 34.971,60, informou o coordenador da unidade, Maycon Freitas. Foram lavrados Termos de Apreensão e Depósito (TAD) que totalizaram R$ 12.352,06, referentes a imposto e multa.

(Agência Pará)