Correio de Carajás

Primeiro celular do mundo faz 40 anos hoje; veja como funcionava

O primeiro telefone celular portátil chegou ao mercado para os consumidores há exatamente 40 anos, causando uma grande revolução na área da telefonia. O DynaTAC 8000x da Motorola foi aprovado pela primeira vez para uso nos EUA pela Federal Communications Commission (FCC) em setembro de 1983. Porém, só em 3 de abril de 1984 que o produto começou a ser comercializado. Apelidado carinhosamente de “telefone tijolo”, o primeiro celular do mundo tinha 25 cm de comprimento, 33 cm de altura e 1,15 kg de peso, chamando atenção pelo design enorme para os níveis atuais.

Apesar de o tamanho e o peso prejudicarem a praticidade do modelo, o dispositivo era o único celular portátil até o momento do seu lançamento. Antes dele, o sistema de comunicação predominante fora da linha fixa doméstica eram os telefones para automóveis, também lançados pela Motorola, em 1946. Além disso, como todo produto inovador, o primeiro celular do mundo não chegou ao mercado por um preço barato e custava cerca de US$ 3.995 em 1984 (o que equivale a 11.500 dólares em 2023, aproximadamente R$ 58.000 em conversão direta nos dias atuais).

DynaTAC é uma abreviação de Dynamic Adaptive Total Area Coverage (ou Cobertura Total Adaptativa Dinâmica em tradução livre), e foi uma ideia de engenheiros da Motorola na época, Martin Cooper e Rudy Krolopp. A empresa americana já tinha experiência na produção de rádios para carros e para uso militar e, após 15 anos de desenvolvimento do produto, o DynaTAC 8000x se tornou o primeiro telefone portátil aprovado pelo FCC para ser comercializado.

O modelo oferecia 30 minutos de autonomia energética para a realização de ligações. Sobre o carregamento, o celular levava cerca de dez horas para atingir a capacidade máxima da bateria. O Motorola DynaTAC 8000x tinha armazenamento suficiente para salvar até dez contatos diferentes. Apesar do baixo armazenamento, o modelo foi um sucesso de vendas, porque permitia a comunicação dos usuários sem precisar de fios. Ele também foi o primeiro dispositivo a utilizar a tecnologia celular, que divide as áreas geográficas em “células” para garantir a reutilização das frequências de rádio.

Como foi a primeira ligação com o DynaTAC 8000x?

A primeira ligação usando um DynaTAC 8000x foi em 3 de abril de 1973, 11 anos antes de o dispositivo chegar ao público geral, e foi realizada pelo engenheiro responsável pelo desenvolvimento do celular, Martin Cooper. Enquanto caminhava pela famosa Sixth Avenue, em Nova York, Cooper telefonou para o escritório de seu rival, Joel Engel, chefe de pesquisa do Bell Labs, empresa que também estava empenhada em desenvolver o primeiro telefone celular.

Martin Cooper com o DynaTAC 8000x em mãos — Foto: Reprodução/The Atlantic
Martin Cooper com o DynaTAC 8000x em mãos — Foto: Reprodução/The Atlantic

A ligação foi feita como uma espécie de demonstração do novo celular portátil para jornalistas. Em uma entrevista para o jornal Bloomberg, Martin Cooper disse que na chamada revelou para Engel que a ligação está sendo feita por um celular portátil como uma forma de provocação. Ele ainda afirmou que o time de especialistas da Motorola não tinha certeza que o modelo funcionaria no momento da demonstração. O engenheiro ainda confessou que não sabia que aquele momento entraria para a história e seria o ponto inicial de uma revolução imensa na tecnologia mundial.

(Fonte:G1/techtudo)