Correio de Carajás

MPPA, Sebrae e cooperativa promovem oficina de custo e produção de cacau

No último dia 25, segunda-feira, o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), por meio da promotora de Justiça, Alexssandra Muniz Mardegan participou da Oficina de Custo e Produção do Cacau para Agricultores Familiares do Tuerê, localizada na zona rural de Novo Repartimento. O evento, realizado em parceria entre o MPPA, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e a Coopercau (Cooperativa dos Produtores de Cacau e Desenvolvimento Agrícola da Amazônia), contou com a presença de importantes representantes, incluindo o Ney Ralison Oliveira, da Coopercau e a Maria Luzineuza, analista do Sebrae, especializada em agronegócio.

A oficina teve como objetivo principal fornecer aos agricultores familiares ferramentas e estratégias para calcular custos de produção, aumentar a produtividade e valorizar o produto final. Esse evento é um desdobramento da reunião realizada em 21 de fevereiro deste ano, no Tuerê, que contou com a participação de diversos produtores de cacau da região.

Durante o evento, foram discutidos exemplos práticos e casos de sucesso, com o intuito de inspirar novas ideias e ações que impulsionam a produção de cacau de forma sustentável. A troca de experiências e conhecimentos entre os participantes foi destacada como um dos pontos mais enriquecedores, ressaltando o potencial dos agricultores familiares em transformar suas realidades e contribuir para o desenvolvimento sustentável da região.

Leia mais: