Correio de Carajás

Intervenção policial termina em morte nesta terça-feira

Bruno Rodrigues Saraiva morreu nesta terça-feira (19), após intervenção da Polícia Militar, na Rua A3, bairro União, em Parauapebas. Contra ele havia um mandado de prisão por homicídio. Ele recebeu os policiais com um revólver em mãos.

Contra Bruno havia um mandado de prisão por homicídio

Segundo relatório policial, policiais foram até a casa em que Bruno morava de aluguel para cumprir o mandado de prisão. Mas o suspeito estaria no portão segurando um revólver, e os militares efetuaram um disparo que resultou na morte de Bruno.

Embalagens da mercadoria que teria sido furtada de uma loja em Piçarra

Policiais civis também foram cumprir o mesmo mandado, no entanto a PM chegou uma hora antes. Quando a PC compareceu ao local o suspeito já estava morto.

Leia mais:

De acordo com informações da PC, Bruno também era procurado pelas autoridades policiais de Piçarra, onde era suspeito de ter furtado uma loja na cidade. As embalagens das mercadorias encontradas na casa do suspeito nesta terça-feira indicam que seria desse estabelecimento. (Theíza Cristhine)