Correio de Carajás

Cineasta Jorge Bodanzky vem a Marabá para série de eventos

Jorge Bodanzky, renomado cineasta brasileiro, desembarca em Marabá para uma série de eventos entre os dias 17 e 19 de abril. Além de inaugurar a Exposição Fotográfica “Bodanzky: notas de um Brasil profundo”, que revela os bastidores de sua obra-prima “Iracema, Uma Transa Amazônica”, ele também irá ministrar um minicurso sobre cinema, apresentar seus documentários e participar de rodas de conversa sobre sua trajetória na Amazônia.

Em uma jornada cinematográfica que remonta a 2017, quando Jorge Bodanzky foi o diretor homenageado no 3º FIA CINEFRONT, a conexão entre o renomado cineasta e Marabá está prestes a se fortalecer ainda mais. Na época, Bodanzky apresentou “Iracema, Uma Transa Amazônica” no Cine Teatro Marrocos.

Agora, em 2024, Bodanzky retorna à cidade para a Exposição Fotográfica “Bodanzky: notas de um Brasil profundo”.

Leia mais:

Com a colaboração entre FIA CineFront, SESC Marabá, Pontal Instituto Cultural e Universidade Federal do Pará (UFPA), a exposição mergulha nos bastidores da produção do clássico “Iracema, Uma Transa Amazônica”, revelando o processo criativo do cineasta por meio de fotografias e fragmentos de filmes Super 8.

Sob a curadoria de Orlando Maneschy e Jorane Castro, a exposição conta com um acervo cedido por Alessandro Campos, coordenador do Festival do Filme Etnográfico do Pará e produtor executivo da exposição. O trabalho de digitalização dos materiais analógicos do cineasta ao longo dos anos é realizado pelo Instituto Moreira Salles (IMS).

A abertura da exposição está agendada para o dia 17 de abril, às 19h, no hall de entrada do SESC de Marabá. O evento contará com a presença do próprio Bodanzky, Orlando Maneschy, Jairon Gomes e outros colaboradores, prometendo um momento de imersão no universo do cinema amazônico. A entrada é gratuita e a classificação, livre, permitindo que pessoas de todas as idades e interesses possam desfrutar dessa oportunidade única.

Além da exposição, a programação inclui atividades especiais, como um minicurso sobre cinema ministrado por Bodanzky, a apresentação de seus documentários e rodas de conversa sobre sua trajetória e produção cinematográfica na Amazônia. Orlando Maneschy também estará presente, não só como curador, mas também para montagem e bate-papo com o público sobre a exposição.

SOBRE O CINEFRONT

O 9º FIA CINEFRONT, coordenado pela TramaTeia Produções e o Instituto Zé Claudio e Maria, colabora com diversas instituições, organizações e movimentos sociais do sul e sudeste paraense. Financiado por meio de Edital da Lei Paulo Gustavo, promovido pela Fundação Cultural do Pará (FCP), Secretaria do Estado de Cultura do Pará (Secult), Ministério da Cultura (Minc) e Governo Federal, o festival reforça seu compromisso em promover a cultura e o diálogo através do cinema.

A abertura da exposição marca o início de um período de visitações que se estenderá até junho, proporcionando ao público a oportunidade de mergulhar no rico universo de Bodanzky e refletir sobre a cinematografia amazônica.

AGENDA

16/04 (Terça-Feira)

Roda de Saberes no Pontal Instituto Cultural

Roda de saberes com o artista visual Orlando Maneschy no Pontal

Participação dos artistas visuais de Marabá e região

Local: Pontal Instituto Cultural

Endereço: Av. 2000 – Quadra 93, lote 16b – Belo Horizonte

Dia e horário: terça, dia 16 de abril às 19h

Classificação livre, entrada gratuita com acessibilidade

Público-alvo: artistas, professores, estudantes universitários e comunidade em geral

17/04 (Quarta-Feira)

Sessão Cine SESC

Exibição do filme “Amazônia, a Nova Minamata?” (Jorge Bodanzky)

Local: Auditório do SESC

Endereço: Av. Transamazônica, 1925 – Cidade Nova, Marabá

Horário: 14h (início da Masterclass)

Capacidade: 60 pessoas

Masterclass “Transamazônica, 50 anos depois com Bodanzky”

Serviço: masterclass para profissionais da área do audiovisual e artes visuais

Local: Auditório do SESC

Endereço: Av. Transamazônica, 1925 – Cidade Nova

Período e horário: dias 17, 18 e 19 de abril das 14h às 18h

Capacidade: 30 pessoas

Atividade gratuita e inscrições no link compartilhado

Abertura da Exposição “Bodanzky: notas de um Brasil profundo”

Abertura da exposição com fotografias e obras fílmicas de Jorge Bodanzky

Curadoria: Orlando Maneschy e Jorane Castro (Belém – PA)

Organização: Jairon Gomes (TramaTeia Produções e Pontal)

Local: Hall de entrada do SESC e Sala de Leitura

Endereço: Av. Transamazônica, 1925 – Cidade Nova, Marabá

Horário: 18h (após o primeiro dia da Masterclass)

Classificação livre, entrada gratuita com acessibilidade

Mediação da abertura da exposição: Jorge Bodanzky, Orlando Maneschy, Evandro Medeiros e Jairon Gomes (TramaTeia Produções) e Marcone Moreira (Pontal Instituto Cultural).

17/04 a 31/06

Visitações à Exposição “Bodanzky: notas de um Brasil profundo”

Local: Hall de entrada do SESC e Sala de Leitura

Endereço: Av. Transamazônica, 1925 – Cidade Nova

Dias e horários: segunda a sexta das 8h às 19h e aos sábados das 8h às 12h

Período: de 17 de abril até 21 de junho de 2024

Classificação livre, entrada gratuita com acessibilidade

 

(Thays Araujo)