Correio de Carajás

Bolsa de Iniciação Científica Júnior: saiba como estudantes podem receber ajuda de R$ 1.200

Os alunos selecionados devem participar de um programa mensal de mentoria para aperfeiçoar os conhecimentos

Os estudantes com destaque em competições acadêmicas e científicas de abrangência nacional, que façam parte de famílias beneficiadas pelo Auxílio Brasil, podem receber também a Bolsa de Iniciação Científica Júnior. São R$ 100 por 12 meses para o estudante e parcela única de R$ 1.000 para a família.

O incentivo financeiro é concedido para os medalhistas em disputas nacionais apoiadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). Os alunos selecionados devem participar de um programa mensal de mentoria para aperfeiçoar os conhecimentos.

Para receber o auxílio, a família deve estar com dados atualizados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O valor do benefício é depositado na mesma conta do Auxílio Brasil por meio da Caixa Econômica Federal.

Leia mais:

Em dezembro de 2021, os estudantes medalhistas em 2020 começaram a ser beneficiados com a Bolsa de Iniciação Científica Júnior. São contemplados 2.392 estudantes, de 26 estados do País.

SAIBA QUAIS FORAM AS COMPETIÇÕES ATENDIDAS:

  • Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA)
  • Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR)
  • Olimpíada Nacional de Ciências (ONC)
  • Olimpíada Internacional de Física e Cultura (IPhCO)
  • Olimpíada Nacional de Aplicativos (ONDA)

Os saques mensais são feitos no Banco do Brasil, mas para isso não é preciso criar uma conta na instituição (saiba como receber o dinheiro abaixo).

As famílias aptas que não receberam a parcela única da Bolsa de Iniciação Científica Júnior, em dezembro de 2021, e os estudantes com dificuldades para os saques mensais podem entrar em contato por meio do e-mail: [email protected].

COMO É FEITO O SAQUE DA BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR?
O estudante beneficiado deve ir a uma agência do Banco do Brasil acompanhado do responsável legal. Os dois precisam levar documentos de identificação com foto e CPF.

Para sacar o dinheiro, o bolsista será atendido no caixa, com atendimento por pessoa física, onde deve repassar as seguintes informações para o saque: ORDEM BANCÁRIA DO TESOURO, via transação 277, opção 2 com CPF.

PROPOSTA DA BOLSA PARA ESTUDANTES
Fortaleza recebeu o 2º Encontro dos Bolsistas de Iniciação Científica (BIC) Júnior no dia 26 de agosto com estudantes que se destacaram em olimpíadas científicas. O grupo foi homenageado pelo MCTI.

O programa Bolsa de Iniciação Científica Júnior ressalta a importância do ensino, da promoção e da popularização da Ciência.

A ideia é difundir o ensino de ciências por meio da educação, incentivando disciplinas e eventos ligados a ciências, pesquisas científicas e tecnológicas na educação básica, técnica e profissionalizante.

Outras dúvidas podem ser explicadas por meio da Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania 121.

(Fonte: Diario do Nordeste)