Correio de Carajás

Quatro são presos por envolvimento em assalto a vereador

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Foi preso no final da manhã de hoje, segunda-feira (21), o homem considerado o mentor do assalto na casa do vereador de Jacundá, Daniel Siqueira Neves, o Daniel dos Estudantes, ocorrido ontem (domingo). De acordo com as informações policiais Jayson Barbosa Loura, 30 anos, foi o responsável por identificar as vítimas e repassar as informações para que o restante do bando agisse. Ele é morador de Jacundá e já possuía uma passagem na Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Ainda no domingo, foram presos outros três homens: Carlos Rodrigues Daniel de Oliveira, 18 anos, Eldo Lustosa Leão, 25 anos, e Marcos Vinicius Costa, de 18 anos. As prisões dos dois primeiros ocorreram no terminal rodoviário da cidade. Daniel é morador de Abaetetuba e Eldo de Ananindeua.

Ao receberem voz de prisão, ambos confessaram participação direta no assalto e apontaram o vizinho das vítimas, Marcos Vinicius, como um dos envolvidos. De acordo com o capitão Rogério, Marcos também teria fornecido informações sobre a residência assaltada e teria sido o responsável pelo apoio logístico do bando.

Leia mais:

Na casa dele foram encontrados quase dois quilos de maconha, balança de precisão e um caderno onde era anotada toda a contabilidade do tráfico. Outros três participantes do crime conseguiram fugir num veículo Celta, rumo à Belém.

No início da tarde de domingo, por mais de uma hora o vereador Daniel Siqueira Neves, o Daniel dos Estudantes, a esposa, os três filhos do casal, uma criança filha de uma amiga da família e dois trabalhadores que executavam um serviço na casa foram vítimas de quatro homens armados com revólveres que exigiam vultosa quantia em dinheiro. Os bandidos saíram do imóvel no carro da vítima, com R$ 800 e objetos pessoais.

Assim que recebeu a notícia do crime, o capitão Rogério Pereira encabeçou as buscas da Polícia Militar pelos envolvidos no assalto, chegando a quatro pessoas até a tarde de hoje. Em entrevista ao Correio de Carajás, o vereador detalhou os minutos de terror que ele e a família passaram nas mãos dos criminosos.

Segundo ele, estavam na residência as oito pessoas, quando os quatro assaltantes invadiram o imóvel exatamente às 13h54. “Com muita calma e tranquilidade fui conversando com eles, que chegaram exigindo R$ 50 mil, pois disseram que havia uma ordem para me matar. Fui expondo que não havia esse dinheiro e eles foram baixando o valor até chegar a R$ 5 mil. Essa quantia não existia”.

O vereador relata que os reféns foram conduzidos ao quarto do casal onde ficaram amarrados com as mãos para trás. “Até meu filho de três anos foi amarrado”. Enquanto isso, “eles reviraram todo o imóvel a procura de dinheiro, cheguei até a abrir o cofre, onde havia R$ 800”. Para evitar curiosos, os ladrões fecharam o portão principal da casa e trancaram as portas. “E quando chegava alguém me procurando eu era obrigado a dizer que estava ocupado”.

Criança desamarrou a família

Ao saírem do imóvel, os ladrões roubaram o veículo – um Gol Trend, branco – do vereador e objetos como aparelhos celulares, tablets, perfumes e joias. “Mandaram que nós ficássemos meia hora sem sair de casa, mas o meu filho de três anos conseguiu se soltar e com uma faca cortou as cordas que nos imobilizaram”.

Policiais militares e civis foram acionados. Uma guarnição sob o comando do capitão PM Rogério Pereira suspeitou de um homem que estava no terminal rodoviário da cidade. “Após tomarmos conhecimento diligenciamos e foram presos dois criminosos e, posteriormente, um terceiro e todos os objetos foram recuperados. Para nossa surpresa, um dos envolvidos foi preso com 1.850 gramas de maconha, balança de precisão e cadernos com a contabilidade das vendas da droga”.

Detalhes

Em depoimento ao delegado Sérgio Máximo, Eldo Lustosa relatou detalhes do crime que vitimou o vereador e os familiares. “A vítima seria um empresário da cidade. Quando tentamos pegar esse empresário ele estava com dois seguranças, daí informaram que o vereador guardava muito dinheiro em casa”, confessou.

Segundo o delegado Sérgio, a quadrilha tem outros integrantes e novos crimes estão sendo descobertos a partir da prisão de parte do bando. “Já comunicamos para a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e estamos averiguando novas informações e prisões podem acontecer a qualquer momento”.

Sobre o empresário que seria vítima da quadrilha, Sérgio explicou que “as informações colhidas durante o depoimento estão sendo investigadas, no entanto, não descartamos outras vítimas e crimes cometidos por esse bando aqui em Jacundá e em outras cidades”. Uma equipe do Centro de Perícias Científica Renato Chaves esteve na residência do vereador Daniel para coletar impressões digitais deixadas pelos assaltantes em móveis. (Antonio Barroso)

 

Foi preso no final da manhã de hoje, segunda-feira (21), o homem considerado o mentor do assalto na casa do vereador de Jacundá, Daniel Siqueira Neves, o Daniel dos Estudantes, ocorrido ontem (domingo). De acordo com as informações policiais Jayson Barbosa Loura, 30 anos, foi o responsável por identificar as vítimas e repassar as informações para que o restante do bando agisse. Ele é morador de Jacundá e já possuía uma passagem na Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Ainda no domingo, foram presos outros três homens: Carlos Rodrigues Daniel de Oliveira, 18 anos, Eldo Lustosa Leão, 25 anos, e Marcos Vinicius Costa, de 18 anos. As prisões dos dois primeiros ocorreram no terminal rodoviário da cidade. Daniel é morador de Abaetetuba e Eldo de Ananindeua.

Ao receberem voz de prisão, ambos confessaram participação direta no assalto e apontaram o vizinho das vítimas, Marcos Vinicius, como um dos envolvidos. De acordo com o capitão Rogério, Marcos também teria fornecido informações sobre a residência assaltada e teria sido o responsável pelo apoio logístico do bando.

Na casa dele foram encontrados quase dois quilos de maconha, balança de precisão e um caderno onde era anotada toda a contabilidade do tráfico. Outros três participantes do crime conseguiram fugir num veículo Celta, rumo à Belém.

No início da tarde de domingo, por mais de uma hora o vereador Daniel Siqueira Neves, o Daniel dos Estudantes, a esposa, os três filhos do casal, uma criança filha de uma amiga da família e dois trabalhadores que executavam um serviço na casa foram vítimas de quatro homens armados com revólveres que exigiam vultosa quantia em dinheiro. Os bandidos saíram do imóvel no carro da vítima, com R$ 800 e objetos pessoais.

Assim que recebeu a notícia do crime, o capitão Rogério Pereira encabeçou as buscas da Polícia Militar pelos envolvidos no assalto, chegando a quatro pessoas até a tarde de hoje. Em entrevista ao Correio de Carajás, o vereador detalhou os minutos de terror que ele e a família passaram nas mãos dos criminosos.

Segundo ele, estavam na residência as oito pessoas, quando os quatro assaltantes invadiram o imóvel exatamente às 13h54. “Com muita calma e tranquilidade fui conversando com eles, que chegaram exigindo R$ 50 mil, pois disseram que havia uma ordem para me matar. Fui expondo que não havia esse dinheiro e eles foram baixando o valor até chegar a R$ 5 mil. Essa quantia não existia”.

O vereador relata que os reféns foram conduzidos ao quarto do casal onde ficaram amarrados com as mãos para trás. “Até meu filho de três anos foi amarrado”. Enquanto isso, “eles reviraram todo o imóvel a procura de dinheiro, cheguei até a abrir o cofre, onde havia R$ 800”. Para evitar curiosos, os ladrões fecharam o portão principal da casa e trancaram as portas. “E quando chegava alguém me procurando eu era obrigado a dizer que estava ocupado”.

Criança desamarrou a família

Ao saírem do imóvel, os ladrões roubaram o veículo – um Gol Trend, branco – do vereador e objetos como aparelhos celulares, tablets, perfumes e joias. “Mandaram que nós ficássemos meia hora sem sair de casa, mas o meu filho de três anos conseguiu se soltar e com uma faca cortou as cordas que nos imobilizaram”.

Policiais militares e civis foram acionados. Uma guarnição sob o comando do capitão PM Rogério Pereira suspeitou de um homem que estava no terminal rodoviário da cidade. “Após tomarmos conhecimento diligenciamos e foram presos dois criminosos e, posteriormente, um terceiro e todos os objetos foram recuperados. Para nossa surpresa, um dos envolvidos foi preso com 1.850 gramas de maconha, balança de precisão e cadernos com a contabilidade das vendas da droga”.

Detalhes

Em depoimento ao delegado Sérgio Máximo, Eldo Lustosa relatou detalhes do crime que vitimou o vereador e os familiares. “A vítima seria um empresário da cidade. Quando tentamos pegar esse empresário ele estava com dois seguranças, daí informaram que o vereador guardava muito dinheiro em casa”, confessou.

Segundo o delegado Sérgio, a quadrilha tem outros integrantes e novos crimes estão sendo descobertos a partir da prisão de parte do bando. “Já comunicamos para a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e estamos averiguando novas informações e prisões podem acontecer a qualquer momento”.

Sobre o empresário que seria vítima da quadrilha, Sérgio explicou que “as informações colhidas durante o depoimento estão sendo investigadas, no entanto, não descartamos outras vítimas e crimes cometidos por esse bando aqui em Jacundá e em outras cidades”. Uma equipe do Centro de Perícias Científica Renato Chaves esteve na residência do vereador Daniel para coletar impressões digitais deixadas pelos assaltantes em móveis. (Antonio Barroso)

 

Comentários

Mais

Caso Henry: as agressões, segundo a babá

Caso Henry: as agressões, segundo a babá

O novo depoimento de Thayná Ferreira, babá de Henry Borel, sobre supostas agressões de Dr. Jairinho contra o menino, trouxe mais detalhes da…
Homem agride e deixa hematoma na perna da companheira

Homem agride e deixa hematoma na perna da companheira

Mais um caso de violência doméstica foi registrado em Marabá. Na noite desta terça-feira (13), um homem agrediu sua companheira,…
Mulher que matou o marido já está solta

Mulher que matou o marido já está solta

Acredite: Greice Quele Leal dos Santos (27 anos), presa em flagrante pelo assassinato do companheiro dela, Alex Vilarins de Sousa…
Casal morre em acidente de trânsito na Transamazônica

Casal morre em acidente de trânsito na Transamazônica

Um casal morreu em trágico acidente de trânsito na Rodovia BR-230 (Transamazônica) na tarde de domingo (11). As vítimas foram…
Polícia Civil apreende mais de R$ 1 milhão em espécie durante operação contra o tráfico de drogas no Pará

Polícia Civil apreende mais de R$ 1 milhão em espécie durante operação contra o tráfico de drogas no Pará

A Polícia Civil realizou na manhã desta terça-feira (13), a operação ‘Farinha’ que investiga crimes de associação ao tráfico, milícia…
Embriagado, guarda municipal atira em via pública

Embriagado, guarda municipal atira em via pública

Um agente da Guarda Municipal foi preso acusado de estar atirando em via pública, enquanto embriagado e fora de serviço…