Foto: Elson Gomes

Anazia Facury levou um susto quando se levantou nesta manhã, quinta-feira (9), para levar a filha à escola, e se deparou com a porta de casa escancarada. Ao buscar entender o que havia ocorrido deu pela falta de aparelhos celulares, computador, televisor e outros objetos eletrônicos.

FUTURO POSTAGEM
ALICERCE

Segundo ela, não houve arrombamento e a porta foi aberta normalmente. A Marabá Pioneira, onde vive, diz, está sendo alvo constante de bandidos que arrombam, roubam, furtam, traficam drogas e até trocam tiros pelas vias públicas.

“Na Velha Pioneira anda gente olhando para as casas, estudando e arrombando as portas. Você dorme com tudo dentro de casa e quando acorda está sem nada, sem celular, sem computador, sem TV. A Velha Marabá está demais, praticamente abandonada”, diz.

Ela mora próximo à Delegacia Especializada em Conflitos Agrários (Deca) e nesta manhã procurou a 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência relatando o crime do qual foi vítima.

“Você está com toda a sua família dormindo. Na hora que percebe vai procurar por todos, se está todo mundo bem e dormindo. A porta estava sem sinais de arrombamento. Tudo muito estranho”.

Segundo Anazia, uma vizinha percebeu, por volta das 5 horas, a movimentação de duas pessoas em uma motocicleta. Por fim, na intenção de tentar recuperar os objetos furtados, faz um apelo. “Por favor, gente, não comprem produtos de furto, é crime. A gente negocia, minha vida profissional está toda dentro do celular e do computador, está tudo bloqueado. Devolvam em algum lugar e não comprem”. (Luciana Marschall – com informações de Elson Gomes)

DEPNEUS
TH SITES HORIZONTAL
FUTURO HORIZONTAL
ROMANCE FAVORITA
RADIO CORREIO HORIZONTAL