Em operação na noite da última quarta-feira, 11, a Polícia Militar desarticulou mais um ponto de venda de drogas em Parauapebas. Na ação, foi preso Francisco das Chagas Cruz da Silva, de 43 anos, acusado de ser o chefe do tráfico do local, localizado à Rua Rio Claro, no Bairro Jardim América.

ALICERCE
TH SISTEMAS
FUTURO POSTAGEM

#ANUNCIO

Segundo o sargento Severo, ele estava em diligência pelo bairro, junto com o soldado Mullher, quando avistou uma movimentação anormal de várias pessoas na Rua Rio Claro. Ao perceberem a aproximação da guarnição, detalha o policial, as pessoas começaram a evadir-se.

Eles então observaram uma movimentação dentro de um bar, que estava com as portas fechadas. Ao verificarem o que estava acontecendo, porque o local poderia, segundo ele, estar sendo arrombado, eles avistaram um homem em atitude suspeita.

Ao abordá-lo, o homem se identificou como Francisco das Chagas. Ao revistá-lo, encontraram 33 gramas de maconha e 10 gramas crack. “O acusado assumiu a comercialização e foi apresentado juntamente com o entorpecente na Seccional de Polícia Civil”, conta o sargento. (Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto)

 

 

Em operação na noite da última quarta-feira, 11, a Polícia Militar desarticulou mais um ponto de venda de drogas em Parauapebas. Na ação, foi preso Francisco das Chagas Cruz da Silva, de 43 anos, acusado de ser o chefe do tráfico do local, localizado à Rua Rio Claro, no Bairro Jardim América.

#ANUNCIO

Segundo o sargento Severo, ele estava em diligência pelo bairro, junto com o soldado Mullher, quando avistou uma movimentação anormal de várias pessoas na Rua Rio Claro. Ao perceberem a aproximação da guarnição, detalha o policial, as pessoas começaram a evadir-se.

Eles então observaram uma movimentação dentro de um bar, que estava com as portas fechadas. Ao verificarem o que estava acontecendo, porque o local poderia, segundo ele, estar sendo arrombado, eles avistaram um homem em atitude suspeita.

Ao abordá-lo, o homem se identificou como Francisco das Chagas. Ao revistá-lo, encontraram 33 gramas de maconha e 10 gramas crack. “O acusado assumiu a comercialização e foi apresentado juntamente com o entorpecente na Seccional de Polícia Civil”, conta o sargento. (Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto)

 

 

DEPNEUS
FUTURO HORIZONTAL
PIZZARIA O SEGREDO DO CHEFF
ROMANCE FAVORITA
RADIO CORREIO HORIZONTAL
TH SITES HORIZONTAL

Comentários