Um homem, identificado como Hélio Ferreira Gonçalves, de 42 anos, morreu soterrado no desmoronamento de um barranco que aconteceu por volta das 21h30 de ontem, segunda-feira (12), na Vila Alto Bonito, na localidade de Serra Pelada, em Curionópolis.

TH SISTEMAS
ALICERCE
gasparim
HOME DESTAQUE

O corpo do homem foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Parauapebas, por volta de 3 horas, desta terça-feira (13). Segundo informações de pessoas da localidade, a área seria um garimpo clandestino.

#ANUNCIO

Para fugir da fiscalização, as pessoas que exploram o local só viriam trabalhando durante a noite, o que aumenta os riscos de acidentes. De acordo com o sargento Paulo Henrique Silva, do Corpo de Bombeiros, eles foram acionados por volta de 23 horas, sobre o desmoronamento de um barranco, em que uma vítima estava soterrada.

Ao chegarem ao local, já encontraram diversas pessoas que estavam tentando remover a terra, inclusive com ajuda de maquinário, para tentar resgatar o homem.

“Nós assumimos a operação de resgate, tomando as devidas precauções, porque havia o risco de novos desmoronamentos. Isso, aliás, dificultou a operação e só durante a madrugada conseguimos retirar o corpo da vítima do meio da terra”, relara o sargento.

Ele observou que eles tiveram que fazer a operação de forma manual, para evitar novo acidente e preservar o corpo da vítima. (Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto)

 

Fotos: Divulgação

Um homem, identificado como Hélio Ferreira Gonçalves, de 42 anos, morreu soterrado no desmoronamento de um barranco que aconteceu por volta das 21h30 de ontem, segunda-feira (12), na Vila Alto Bonito, na localidade de Serra Pelada, em Curionópolis.

O corpo do homem foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Parauapebas, por volta de 3 horas, desta terça-feira (13). Segundo informações de pessoas da localidade, a área seria um garimpo clandestino.

#ANUNCIO

Para fugir da fiscalização, as pessoas que exploram o local só viriam trabalhando durante a noite, o que aumenta os riscos de acidentes. De acordo com o sargento Paulo Henrique Silva, do Corpo de Bombeiros, eles foram acionados por volta de 23 horas, sobre o desmoronamento de um barranco, em que uma vítima estava soterrada.

Ao chegarem ao local, já encontraram diversas pessoas que estavam tentando remover a terra, inclusive com ajuda de maquinário, para tentar resgatar o homem.

“Nós assumimos a operação de resgate, tomando as devidas precauções, porque havia o risco de novos desmoronamentos. Isso, aliás, dificultou a operação e só durante a madrugada conseguimos retirar o corpo da vítima do meio da terra”, relara o sargento.

Ele observou que eles tiveram que fazer a operação de forma manual, para evitar novo acidente e preservar o corpo da vítima. (Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto)

 

Fotos: Divulgação

PIZZARIA O SEGREDO DO CHEFF
DEPNEUS
ROMANCE FAVORITA
RADIO CORREIO HORIZONTAL