Duas pessoas foram baleadas e uma veio a óbito dentro de uma residência localizada na Rua Tocantins, no Bairro Liberdade I, em Parauapebas, na noite da última sexta-feira (13). Segundo a polícia, um homem armado invadiu a casa onde estavam as vítimas e alvejou primeiro o tatuador Wemerson Rodrigues de Albuquerque, de 20 anos, e depois perseguiu e atirou em um adolescente de 17 anos.

FUTURO POSTAGEM
ALICERCE
TH SISTEMAS

Wemerson levou seis tiros e morreu no local. O adolescente foi socorrido e passou por cirurgia no Hospital Geral de Parauapebas (HGP), onde segue internado.

#ANUNCIO

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso. Segundo a investigadora Fátima Marques, por volta de 23h40, os agentes foram informados pela Polícia Militar que duas pessoas tinham sido baleadas no Bairro Liberdade I. “Nos deslocamos para o local e constatamos o fato. Wemerson já tinha evoluído a óbito e o menor socorrido e levado para o hospital”, detalha Fátima.  

Ela conta que que, no local, encontraram nove cápsulas de pistola deflagradas. A casa é de uma mulher conhecida como Neta, que dava abrigo à Wemerson.

De acordo com Fátima, Wemerson já tinha passagem pela polícia, inclusive após sair da prisão foi morar em Canaã dos Carajás e voltou há pouco tempo para Parauapebas, recebendo abrigo na casa em que ocorreu o crime, onde abriu um estúdio de tatuagem. “Nós estamos investigando para saber o que poderia ter motivado a execução dele e o baleamento do menor”, ressalta a investigadora.

Ela observa que no local, os policiais receberam a informação que duas pessoas, em uma moto, sendo a piloto uma mulher, chegaram na casa. O homem que vinha na garupa desceu, entrou e foi direto para o quarto onde estava Wemerson, que não tinha a perna esquerda, e atirou nele. Na sequência alvejou o menor, que é filho da dona da casa, que tentou se esconder em outro quarto quando ouviu os disparos. A mulher não foi alvejada. (Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto)

Duas pessoas foram baleadas e uma veio a óbito dentro de uma residência localizada na Rua Tocantins, no Bairro Liberdade I, em Parauapebas, na noite da última sexta-feira (13). Segundo a polícia, um homem armado invadiu a casa onde estavam as vítimas e alvejou primeiro o tatuador Wemerson Rodrigues de Albuquerque, de 20 anos, e depois perseguiu e atirou em um adolescente de 17 anos.

Wemerson levou seis tiros e morreu no local. O adolescente foi socorrido e passou por cirurgia no Hospital Geral de Parauapebas (HGP), onde segue internado.

#ANUNCIO

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso. Segundo a investigadora Fátima Marques, por volta de 23h40, os agentes foram informados pela Polícia Militar que duas pessoas tinham sido baleadas no Bairro Liberdade I. “Nos deslocamos para o local e constatamos o fato. Wemerson já tinha evoluído a óbito e o menor socorrido e levado para o hospital”, detalha Fátima.  

Ela conta que que, no local, encontraram nove cápsulas de pistola deflagradas. A casa é de uma mulher conhecida como Neta, que dava abrigo à Wemerson.

De acordo com Fátima, Wemerson já tinha passagem pela polícia, inclusive após sair da prisão foi morar em Canaã dos Carajás e voltou há pouco tempo para Parauapebas, recebendo abrigo na casa em que ocorreu o crime, onde abriu um estúdio de tatuagem. “Nós estamos investigando para saber o que poderia ter motivado a execução dele e o baleamento do menor”, ressalta a investigadora.

Ela observa que no local, os policiais receberam a informação que duas pessoas, em uma moto, sendo a piloto uma mulher, chegaram na casa. O homem que vinha na garupa desceu, entrou e foi direto para o quarto onde estava Wemerson, que não tinha a perna esquerda, e atirou nele. Na sequência alvejou o menor, que é filho da dona da casa, que tentou se esconder em outro quarto quando ouviu os disparos. A mulher não foi alvejada. (Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto)

TH SITES HORIZONTAL
PIZZARIA O SEGREDO DO CHEFF
DEPNEUS
RADIO CORREIO HORIZONTAL
FUTURO HORIZONTAL
ROMANCE FAVORITA

Comentários