Na manhã desta quarta-feira (7), policiais militares prenderam sete acusados de integrar uma perigosa quadrilha que atacava caminhões e roubava as cargas na Rodovia BR-230 (Transamazônica). O último assalto praticado pelo bando foi a um caminhão dos Correios. A prisão dos sete aconteceu próximo ao km 100, município de Itupiranga.

TH SISTEMAS
HOME DESTAQUE
ALICERCE
gasparim

Os acusados são Ismauro Dias Almeida (19 anos), Adriano Araújo Lisboa (37), Moisés Almeida de Araújo (31), Mailson Ramos da Silva (24), Fabrício Reis Lopes (39), Janilson Alves Simões (32) e Arielson da Silva Souza (46).

De acordo com o relato do sargento Aldir, por volta das 8h da manhã as guarnições que estavam de serviço em Itupiranga e na vila Cajazeiras foram informadas, via telefone funcional, que o caminhão dos Correios havia perdido o sinal de rastreamento na altura do Km 90 da Transamazônica, logo após Cajazeiras. Por meio do Núcleo Integrado de Operações Policiais (NIOP) uma guarnição do Grupamento Tático Operacional (GTO) também fio acionada.

#ANUNCIO

Enquanto se deslocavam na direção dos assaltantes, os militares receberam informação de que os assaltantes já tinham transportado parte da carga do caminhão dos Correios para uma caçamba e que obrigaram o motorista a transportar a mercadoria em direção a Marabá.

No meio do caminhão, próximo a Cajazeiras, os policiais abordaram uma Hilux preta de placa NSN-3006 com cinco indivíduos, com os quais foram encontrados alguns produtos dos Correio e uma pistola 380. Também foi abordado uma caçamba VW/13.190 CRM 4X2 com dois indivíduos que estavam conduzindo a carga dos Correios.

O assalto

Em depoimento à polícia, o motorista do caminhão baú dos Correios contou que foi abordado pelos elementos, que fecharam a estrada com outro veículo e o obrigaram a dirigir até uma estrada vicinal, onde já havia outro caminhão (na verdade a caçamba) para levar a mercadoria roubada.

O caminhão assaltado foi deixado para trás, numa estrada vicinal, depois que os acusados retiraram tudo o que queriam do interior do veículo, deixando apenas as caixas jogadas ao lado do veículo. Diante da situação flagrancial todo material os veículos com os indivíduos foram levados para Delegacia da Polícia Civil de Itupiranga.

Em poder dos acusados, foi apreendida uma vasta quantidade de material roubado do caminhão dos Correios em caixas lacradas, como aparelhos televisores, nootebok, celulares, roupas, cosméticos etc.

Os policiais que estavam na guarnição de Itupiranga eram os sargentos Aldir e Nilson Silva, os cabos Aldemir, Joakson e Wendel, além do soldado Marinho. Na guarnição de Cajazeiras estavam os cabos Walter e Vanes. Já a guarnição do GTO era formada pelos cabos Jairo e Lira; e pelos soldados Conde e Diego.

Saiba Mais

Nas redes sociais, muitos caminhoneiros que trafegam pelo trecho onde o bando atuava comemoraram a prisão dos sete acusados, porque eram criminosos que não davam sossego para os trabalhadores.

 

 (Da Redação)

Fotos: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (7), policiais militares prenderam sete acusados de integrar uma perigosa quadrilha que atacava caminhões e roubava as cargas na Rodovia BR-230 (Transamazônica). O último assalto praticado pelo bando foi a um caminhão dos Correios. A prisão dos sete aconteceu próximo ao km 100, município de Itupiranga.

Os acusados são Ismauro Dias Almeida (19 anos), Adriano Araújo Lisboa (37), Moisés Almeida de Araújo (31), Mailson Ramos da Silva (24), Fabrício Reis Lopes (39), Janilson Alves Simões (32) e Arielson da Silva Souza (46).

De acordo com o relato do sargento Aldir, por volta das 8h da manhã as guarnições que estavam de serviço em Itupiranga e na vila Cajazeiras foram informadas, via telefone funcional, que o caminhão dos Correios havia perdido o sinal de rastreamento na altura do Km 90 da Transamazônica, logo após Cajazeiras. Por meio do Núcleo Integrado de Operações Policiais (NIOP) uma guarnição do Grupamento Tático Operacional (GTO) também fio acionada.

#ANUNCIO

Enquanto se deslocavam na direção dos assaltantes, os militares receberam informação de que os assaltantes já tinham transportado parte da carga do caminhão dos Correios para uma caçamba e que obrigaram o motorista a transportar a mercadoria em direção a Marabá.

No meio do caminhão, próximo a Cajazeiras, os policiais abordaram uma Hilux preta de placa NSN-3006 com cinco indivíduos, com os quais foram encontrados alguns produtos dos Correio e uma pistola 380. Também foi abordado uma caçamba VW/13.190 CRM 4X2 com dois indivíduos que estavam conduzindo a carga dos Correios.

O assalto

Em depoimento à polícia, o motorista do caminhão baú dos Correios contou que foi abordado pelos elementos, que fecharam a estrada com outro veículo e o obrigaram a dirigir até uma estrada vicinal, onde já havia outro caminhão (na verdade a caçamba) para levar a mercadoria roubada.

O caminhão assaltado foi deixado para trás, numa estrada vicinal, depois que os acusados retiraram tudo o que queriam do interior do veículo, deixando apenas as caixas jogadas ao lado do veículo. Diante da situação flagrancial todo material os veículos com os indivíduos foram levados para Delegacia da Polícia Civil de Itupiranga.

Em poder dos acusados, foi apreendida uma vasta quantidade de material roubado do caminhão dos Correios em caixas lacradas, como aparelhos televisores, nootebok, celulares, roupas, cosméticos etc.

Os policiais que estavam na guarnição de Itupiranga eram os sargentos Aldir e Nilson Silva, os cabos Aldemir, Joakson e Wendel, além do soldado Marinho. Na guarnição de Cajazeiras estavam os cabos Walter e Vanes. Já a guarnição do GTO era formada pelos cabos Jairo e Lira; e pelos soldados Conde e Diego.

Saiba Mais

Nas redes sociais, muitos caminhoneiros que trafegam pelo trecho onde o bando atuava comemoraram a prisão dos sete acusados, porque eram criminosos que não davam sossego para os trabalhadores.

 

 (Da Redação)

Fotos: Divulgação

PIZZARIA O SEGREDO DO CHEFF
DEPNEUS
ROMANCE FAVORITA
RADIO CORREIO HORIZONTAL