Grupo de nove homens fortemente armados invadiu e explodiu uma agência do Banpará em Abel Figueiredo, no sudeste do Pará. O assalto foi na madrugada deste domingo (13), por volta das 1h. Cerca de 8 pessoas que estavam na rua foram feitas reféns. Vigilante foi rendido.

ALICERCE
FUTURO POSTAGEM

Um dos reféns foi baleado na perna e, segundo a polícia, está consciente. Ele foi encaminhado ao hospital da cidade com estado de saúde estável.

Todos os reféns já foram liberados na saída da cidade, no sentido de Rondon do Pará, município vizinho. Os criminosos seguiram por um ramal que dá acesso ao Maranhão.

#ANUNCIO

Segundo informações da polícia, os assaltantes já chegaram atirando de dentro de uma caminhonete Triton branca. Eles explodiram caixas eletrônicos e o cofre da instituição.

Após as explosões, os criminosos saíram do local levando o vigilante rendido em cima do para-brisas da caminhonete e os outros reféns em pé nas portas e carroceira do veículo. Houve troca de tiros entre os bandidos e policiais militares.

Um pastor, que estava saindo de uma vigília, foi feito refém e teve o carro usado na fuga dos criminosos. O veículo dele foi abandonado próximo à saída da cidade.

O G1 entrou em contato com a assessoria da agência e aguarda mais informações.

As investigações e buscas aos criminosos é feita pelas polícias Civil e Militar. Uma equipe da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), que pertence à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) desembarcou em Marabá e já está em Abel Figueiredo para assumir as investigações.

O banco foi isolado para passar por perícias e auditorias para verificar os valores subtraídos.

(Fonte: G1)

Grupo de nove homens fortemente armados invadiu e explodiu uma agência do Banpará em Abel Figueiredo, no sudeste do Pará. O assalto foi na madrugada deste domingo (13), por volta das 1h. Cerca de 8 pessoas que estavam na rua foram feitas reféns. Vigilante foi rendido.

Um dos reféns foi baleado na perna e, segundo a polícia, está consciente. Ele foi encaminhado ao hospital da cidade com estado de saúde estável.

Todos os reféns já foram liberados na saída da cidade, no sentido de Rondon do Pará, município vizinho. Os criminosos seguiram por um ramal que dá acesso ao Maranhão.

#ANUNCIO

Segundo informações da polícia, os assaltantes já chegaram atirando de dentro de uma caminhonete Triton branca. Eles explodiram caixas eletrônicos e o cofre da instituição.

Após as explosões, os criminosos saíram do local levando o vigilante rendido em cima do para-brisas da caminhonete e os outros reféns em pé nas portas e carroceira do veículo. Houve troca de tiros entre os bandidos e policiais militares.

Um pastor, que estava saindo de uma vigília, foi feito refém e teve o carro usado na fuga dos criminosos. O veículo dele foi abandonado próximo à saída da cidade.

O G1 entrou em contato com a assessoria da agência e aguarda mais informações.

As investigações e buscas aos criminosos é feita pelas polícias Civil e Militar. Uma equipe da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), que pertence à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) desembarcou em Marabá e já está em Abel Figueiredo para assumir as investigações.

O banco foi isolado para passar por perícias e auditorias para verificar os valores subtraídos.

(Fonte: G1)

ROMANCE FAVORITA
FUTURO HORIZONTAL
TH SITES HORIZONTAL
DEPNEUS
RADIO CORREIO HORIZONTAL