Correio de Carajás

PF combate garimpos ilegais no Pará

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Polícia Federal em Redenção deflagrou na manhã de hoje, quinta-feira (24), a Operação Aurum Improbus em Rio Maria, a 270 quilômetros de Marabá, cumprindo seis mandados de busca e apreensão em quatro garimpos clandestinos e dois locais destinados a compra e venda de ouro na região.

O objetivo é reprimir o comércio ilegal de ouro e os garimpos clandestinos que alimentam esse mercado, tanto na região de Redenção quanto em cidades vizinhas, uma vez que retirar ouro, ou qualquer outro minério, sem autorização dos órgãos competentes, é crime.

Caso identificados e indiciados, os suspeitos do crime responderão por receptação e usurpação de exploração de bem da União e se condenados poderão somar penas que ultrapassam os cinco anos de prisão. Vinte e cinco policiais federais foram empregados na operação, batizada de “Aurum Improbus” em decorrência da tradução literal do latim para o português, que significa “ouro (brilhante) improbo”.

Leia mais:

A Polícia Federal ressaltou que irá utilizar um drone para mapear o dano ambiental provocado pela atividade clandestina na região, além de análises quantitativas/gráficas do prejuízo causado. Os resultados deverão contar em laudo pericial que será integrado ao inquérito. (Luciana Marschall)

A Polícia Federal em Redenção deflagrou na manhã de hoje, quinta-feira (24), a Operação Aurum Improbus em Rio Maria, a 270 quilômetros de Marabá, cumprindo seis mandados de busca e apreensão em quatro garimpos clandestinos e dois locais destinados a compra e venda de ouro na região.

O objetivo é reprimir o comércio ilegal de ouro e os garimpos clandestinos que alimentam esse mercado, tanto na região de Redenção quanto em cidades vizinhas, uma vez que retirar ouro, ou qualquer outro minério, sem autorização dos órgãos competentes, é crime.

Caso identificados e indiciados, os suspeitos do crime responderão por receptação e usurpação de exploração de bem da União e se condenados poderão somar penas que ultrapassam os cinco anos de prisão. Vinte e cinco policiais federais foram empregados na operação, batizada de “Aurum Improbus” em decorrência da tradução literal do latim para o português, que significa “ouro (brilhante) improbo”.

A Polícia Federal ressaltou que irá utilizar um drone para mapear o dano ambiental provocado pela atividade clandestina na região, além de análises quantitativas/gráficas do prejuízo causado. Os resultados deverão contar em laudo pericial que será integrado ao inquérito. (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

Em recomendações conjuntas, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) requisitaram uma série…
A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

Artes, maquiagens, receitas, discussões político-sociais, tutoriais, dicas, gatos…. tem um pouco de muito no perfil de Amanda Gil Cardoso de…
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

O salário mínimo em 2022 será de R$ 1.147 e não terá aumento acima da inflação, anunciou o Ministério da…
Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) aumentos de R$ 0,10 (3,7%) no preço do diesel e de R$ 0,05 (1,9%) no…
Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

O programa Linha Verde aderiu à campanha “Abril Laranja”, que possui como objetivo conscientizar a população e prevenir o crime…
Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Para que a proteção à Covid-19 proporcionada pelas vacinas funcione como o previsto é necessário tomar as duas doses, tanto…