Correio de Carajás

Mulher é encontrada morta e despida ao pé de barranco

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ainda não foi identificada a mulher encontrada morta nesta tarde, segunda-feira (28), sem roupas e ao pé de um barranco no Bairro Amapá, às margens do Rio Itacaiunas, em Marabá. De acordo com o perito Valdinei Gurgel, do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, o cadáver provavelmente já estava há aproximadamente 24 horas no local.

“Fomos acionados e verificamos a presença de um cadáver jogado ao longo de um barranco, em região erma. Pelas análises externas foi verificado que aparentava estar em torno de 24 horas já neste local. O corpo estava despido, o que sugere uma violência sexual que deverá ser confirmado na necropsia, por um exame sexológico mais apurado”, comentou.

O perito acrescentou que o corpo apresentava marcas externas, provavelmente provenientes de queda do barranco. “Não dá para informar se ela estava viva quando foi jogada, isso só dá para saber no exame. Fizemos levantamentos no local, procurando evidências, e agora segue para o exame necroscópico”, finalizou.

Leia mais:

Devido ao complicado acesso à área, foi utilizada uma embarcação para a remoção do corpo até uma rampa, de onde foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Marabá. O caso deverá ser registrado junto ao Departamento de Homicídios da Polícia Civil. Mais detalhes sobre o caso serão divulgados na edição de amanhã do Jornal Correio. (Luciana Marschall com informações de Evangelista Rocha)

Ainda não foi identificada a mulher encontrada morta nesta tarde, segunda-feira (28), sem roupas e ao pé de um barranco no Bairro Amapá, às margens do Rio Itacaiunas, em Marabá. De acordo com o perito Valdinei Gurgel, do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, o cadáver provavelmente já estava há aproximadamente 24 horas no local.

“Fomos acionados e verificamos a presença de um cadáver jogado ao longo de um barranco, em região erma. Pelas análises externas foi verificado que aparentava estar em torno de 24 horas já neste local. O corpo estava despido, o que sugere uma violência sexual que deverá ser confirmado na necropsia, por um exame sexológico mais apurado”, comentou.

O perito acrescentou que o corpo apresentava marcas externas, provavelmente provenientes de queda do barranco. “Não dá para informar se ela estava viva quando foi jogada, isso só dá para saber no exame. Fizemos levantamentos no local, procurando evidências, e agora segue para o exame necroscópico”, finalizou.

Devido ao complicado acesso à área, foi utilizada uma embarcação para a remoção do corpo até uma rampa, de onde foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Marabá. O caso deverá ser registrado junto ao Departamento de Homicídios da Polícia Civil. Mais detalhes sobre o caso serão divulgados na edição de amanhã do Jornal Correio. (Luciana Marschall com informações de Evangelista Rocha)

Comentários

Mais

Caso Henry: as agressões, segundo a babá

Caso Henry: as agressões, segundo a babá

O novo depoimento de Thayná Ferreira, babá de Henry Borel, sobre supostas agressões de Dr. Jairinho contra o menino, trouxe mais detalhes da…
Homem agride e deixa hematoma na perna da companheira

Homem agride e deixa hematoma na perna da companheira

Mais um caso de violência doméstica foi registrado em Marabá. Na noite desta terça-feira (13), um homem agrediu sua companheira,…
Mulher que matou o marido já está solta

Mulher que matou o marido já está solta

Acredite: Greice Quele Leal dos Santos (27 anos), presa em flagrante pelo assassinato do companheiro dela, Alex Vilarins de Sousa…
Casal morre em acidente de trânsito na Transamazônica

Casal morre em acidente de trânsito na Transamazônica

Um casal morreu em trágico acidente de trânsito na Rodovia BR-230 (Transamazônica) na tarde de domingo (11). As vítimas foram…
Polícia Civil apreende mais de R$ 1 milhão em espécie durante operação contra o tráfico de drogas no Pará

Polícia Civil apreende mais de R$ 1 milhão em espécie durante operação contra o tráfico de drogas no Pará

A Polícia Civil realizou na manhã desta terça-feira (13), a operação ‘Farinha’ que investiga crimes de associação ao tráfico, milícia…
Embriagado, guarda municipal atira em via pública

Embriagado, guarda municipal atira em via pública

Um agente da Guarda Municipal foi preso acusado de estar atirando em via pública, enquanto embriagado e fora de serviço…