O corredor da folia na Praça de Eventos, no Bairro Cidade Nova, recebeu uma verdadeira multidão nas duas primeiras noites de carnaval em Parauapebas. A programação começou no sábado (10), entrou pela segunda-feira (12) e segue nesta terça-feira, sempre a partir das 19 horas, com desfiles de blocos independentes e shows com bandas locais e atração nacional.

ALICERCE
FUTURO POSTAGEM

No domingo (11) aconteceu o desfile das escolas de samba do grupo especial. Três escolas passaram pela avenida, arrancando aplausos do grande público presente. Com o tema “Parauapebas 30 anos, na corte do meu Primavera é só alegria”, a Escola de Samba Mocidade Independente do Primavera contou na avenida a história das três décadas de emancipação do município. Nas alas e alegorias, os componentes mostravam a cultura e patrimônios históricos, como o minério de ferro e a floresta Nacional de Carajás.

Representando as riquezas da região, como o ouro e o minério, a rainha de bateria levou o pavilhão da escola com muito samba no pé e simpatia. A escola também comemorou na passarela do samba seus 28 anos de fundação.

Segunda escola a desfilar, a Acadêmicos do Liberdade entrou ‘incendiando’ a avenida, com a comissão de frente soltando fogo pela boca. A escola também escolheu os 30 anos de Parauapebas como tema de seu samba-enredo.

Fechando a noite de desfiles, a estreante Unidos do Tropical levou para a avenida o enredo “No brilho e na magia da Ilha Encantada”, fazendo um passeio pela festa do Boi-bumbá do Maranhão. Divididos em sete alas e sete carros alegóricos, a escola estreou com pé direito na avenida. O principal destaque foi a musa da agremiação, Mayara Maciel, que deu um show à parte.

A escola fechou o desfile deste ano mostrando toda cultura popular e a garra de um povo guerreiro, que ama carnaval. Encerrando a segunda noite, quem comandou o palco na praça de eventos foi a banda baiana Araketu, que botou todo mundo para pular na ‘pipoca’.

Encerrando a folia, nesta terça-feira (13), a programação começa também às 19 horas com desfile oficial dos blocos seguido de show com artistas locais abrindo para mais uma atração nacional, a dupla sertaneja Munik e Mariane.

SÍNTESE – Encerrando a folia, nesta terça-feira (13), a programação começa também às 19 horas com desfile oficial dos blocos seguido de show com artistas locais abrindo para mais uma atração nacional, a dupla sertaneja Munik e Mariane.

(Tina Santos)

 

 

 

Fotos: TV Correio 

O corredor da folia na Praça de Eventos, no Bairro Cidade Nova, recebeu uma verdadeira multidão nas duas primeiras noites de carnaval em Parauapebas. A programação começou no sábado (10), entrou pela segunda-feira (12) e segue nesta terça-feira, sempre a partir das 19 horas, com desfiles de blocos independentes e shows com bandas locais e atração nacional.

No domingo (11) aconteceu o desfile das escolas de samba do grupo especial. Três escolas passaram pela avenida, arrancando aplausos do grande público presente. Com o tema “Parauapebas 30 anos, na corte do meu Primavera é só alegria”, a Escola de Samba Mocidade Independente do Primavera contou na avenida a história das três décadas de emancipação do município. Nas alas e alegorias, os componentes mostravam a cultura e patrimônios históricos, como o minério de ferro e a floresta Nacional de Carajás.

Representando as riquezas da região, como o ouro e o minério, a rainha de bateria levou o pavilhão da escola com muito samba no pé e simpatia. A escola também comemorou na passarela do samba seus 28 anos de fundação.

Segunda escola a desfilar, a Acadêmicos do Liberdade entrou ‘incendiando’ a avenida, com a comissão de frente soltando fogo pela boca. A escola também escolheu os 30 anos de Parauapebas como tema de seu samba-enredo.

Fechando a noite de desfiles, a estreante Unidos do Tropical levou para a avenida o enredo “No brilho e na magia da Ilha Encantada”, fazendo um passeio pela festa do Boi-bumbá do Maranhão. Divididos em sete alas e sete carros alegóricos, a escola estreou com pé direito na avenida. O principal destaque foi a musa da agremiação, Mayara Maciel, que deu um show à parte.

A escola fechou o desfile deste ano mostrando toda cultura popular e a garra de um povo guerreiro, que ama carnaval. Encerrando a segunda noite, quem comandou o palco na praça de eventos foi a banda baiana Araketu, que botou todo mundo para pular na ‘pipoca’.

Encerrando a folia, nesta terça-feira (13), a programação começa também às 19 horas com desfile oficial dos blocos seguido de show com artistas locais abrindo para mais uma atração nacional, a dupla sertaneja Munik e Mariane.

SÍNTESE – Encerrando a folia, nesta terça-feira (13), a programação começa também às 19 horas com desfile oficial dos blocos seguido de show com artistas locais abrindo para mais uma atração nacional, a dupla sertaneja Munik e Mariane.

(Tina Santos)

 

 

 

Fotos: TV Correio 

TH SITES HORIZONTAL
DEPNEUS
FUTURO HORIZONTAL
ROMANCE FAVORITA
RADIO CORREIO HORIZONTAL